CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

TRF-5 concede habeas corpus a empresário preso pela Operação Torrentes no Recife


A decisão substituiu a prisão preventiva de Ricardo Padilha por medidas cautelares e o pagamento de fiança no valor de R$ 400 mil.


O Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), no Recife, concedeu habeas corpus ao empresário Ricardo José Padilha, preso preventivamente na primeira e na segunda etapa da Operação Torrentes, desencadeada pela Polícia Federal, em fevereiro deste ano. Outros dois presos na ação já haviam sido contemplados pelo tribunal.

Padilha foi preso em novembro, na primeira etapa da operação, que apura desvios de até 30% na verba das ações de reconstrução de cidades castigadas pelas chuvas na Zona da Mata Sul de Pernambuco em 2010 e 2017. Nesta segunda etapa, a PF investiga a relação de bombeiros militares do Maranhão com suspeitos de fraudes no plano de reconstrução das cidades pernambucanas. O empresário é apontado pelos investigadores como líder nos dois esquemas.

De acordo com o relator do habeas corpus, o desembargador federal Carlos Rebêlo, não existe motivo para que o empresário receba tratamento diferente do que foi dado a outros presos preventivamente na mesma operação, como Ítalo Jaques e Rafaela Carrazzone Padilha, que já tiveram o habeas corpus concedido.

O colegiado do TRF-5 determinou que a prisão preventiva fosse substituída pelo pagamento de fiança, no valor de R$ 400 mil, além da aplicação de medidas cautelares assemelhadas às já concedidas aos outros investigados pela operação. As medidas ficarão a critério do juízo de primeiro grau. Fonte: G1