CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Temer diz que deve repassar até R$ 800 mi para intervenção no Rio


Ele anunciou ainda o envio de um projeto de lei de crédito especial para reforçar o orçamento da pasta da Segurança Pública


O presidente Michel Temer afirmou nesta segunda-feira (19) que devem ser repassados entre R$ 600 milhões e R$ 800 milhões para a intervenção federal no Rio de Janeiro. Segundo ele, os valores serão definidos pela equipe econômica nesta semana e a expectativa é de que sejam destinados entre R$ 3 bilhões e R$ 4 bilhões para o Ministério da Segurança Pública.

Em reunião, na noite de domingo (18), o Palácio do Planalto definiu que será enviada ao Congresso Nacional uma medida provisória abrindo crédito extraordinário para o Rio de Janeiro.

Ele anunciou ainda o envio de um projeto de lei de crédito especial para reforçar o orçamento da pasta da Segurança Pública. O presidente informou os valores durante almoço oferecido pelo governo brasileiro a chefes de Estado que participam do Fórum Mundial da Água, no Palácio do Itamaraty.

Marielle
Na saída, ele informou que ordenou ao interventor Braga Netto que priorize as investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e que resolva o caso no "menor prazo possível".

"A determinação é para apurar no menor prazo possível. Todos os esforços, e falei com o general Braga Netto na sexta-feira (16), é para aplicar todos os esforços e todos os recursos para logo solucionar essa questão", disse.

Perguntado pela reportagem se será candidato reeleição, Temer sorriu e não respondeu à pergunta.

Gafe
No tradicional brinde, feito no início do almoço, o cerimonial do Palácio do Itamaraty cometeu uma falha. Não foi colocado no púlpito do presidente uma taça de champagne. Sem nada para brindar, o presidente reclamou. "Não sei se vou levantar um brinde ou não, porque ninguém me trouxe um copo", afirmou.

Com a queixa, um garçom se apressou e entregou uma taça ao presidente, que acabou conseguindo realizar o cumprimento. Fonte: FolhaPE