CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

CLIP GOSPEL

Pernambuco terá voo direto para o Chile


Além da nova conexão, foram confirmadas as operações com Fort Lauderdale, nos EUA


Com o fortalecimento da conectividade aérea de Pernambuco, apresentando um aumento de 156% na malha do Estado de 2014 a 2018, os olhares de companhias continuam voltados para a região. Em evento realizado com o setor de aviação, o secretário de Turismo, Esportes e Lazer do Estado, Felipe Carreras, anunciou um novo destino internacional, Santiago, no Chile, além da confirmação dos voos para Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, e Córdoba e Rosário, ambas na Argentina, que entrarão em operação neste primeiro semestre.

A novidade foi selada com a companhia aérea há três meses, porém o anúncio oficial será feito até o final de março. “Será a primeira ligação do Nordeste para Santiago, um importante destino na América do Sul, que deve iniciar as operações no segundo semestre deste ano”, adiantou Carreras. De acordo com fontes extraoficiais, a Gol Linhas Aéreas é a companhia que está realizando o estudo para operar o voo entre as cidades.

Ainda segundo o secretário, a companhia Latam Linhas Aéreas Brasil vai incrementar as rotas de Miami, nos Estados Unidos, e Buenos Aires, na Argentina. “A partir do Recife terá mais um voo para Miami começando em abril e mais uma frequência para Buenos Aires em junho”, afirmou Carreras. O governador Paulo Câmara enfatizou a força que o turismo de lazer e de negócios vem ganhando em Pernambuco, a partir do Aeroporto do Recife. “Em três anos, saímos de quatro para 16 destinos internacionais e de 14 para 30 destinos nacionais. Somos recorde de número de passageiros e de conectividade”, registrou o governador. De 2015 para 2017, houve um aumento de 37% na movimentação de passageiros internacionais no terminal da capital.

Confirmando a força de Pernambuco, o executivo da Azul, Marcelo Bento, afirmou a estratégia favorável da companhia após a implantação do hub. “Em 2015, tínhamos 26 voos por dia operando no Recife. Para o primeiro semestre deste ano, serão 44 voos por dia, sendo 26 diretos. Pernambuco é a terceira maior base em decolagens e passageiros transportados pela companhia”, destacou Bento.

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear), Eduardo Sanovicz, em 2017 o crescimento da participação do Recife como destino turístico de voos internacionais foi de 26% em relação a 2016. “Os incentivos facilitam a ampliação de Pernambuco. O corte de 25% para 7% do ICMS sobre o querosene da aviação foi favorável ao crescimento dos voos”, disse Sanovicz.

Privatização
Após a entrega dos Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) para concessão à iniciativa privada de 13 aeroportos brasileiros, o terminal pernambucano entrará no bloco de privatização junto com os aeroportos de Maceió, Aracaju, Juazeiro do Norte, João Pessoa e Campina Grande. “Colocaram um modelo de negociação para o aeroporto do Recife diferente de outros aeroportos de capitais como Fortaleza e Salvador. Era muito mais viável e ágil ter um modelo de concessão exclusivamente para nosso aeroporto”, defendeu Carreras. Fonte: FolhaPE