CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Para Luciano Veloso, falta de identificação com a torcida ajudou no rebaixamento do Belo Jardim

O Belo Jardim até tentou, mas não conseguiu fugir do rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Pernambucano. A equipe empatou com o Náutico por 2 a 2 na última rodada e fechou sua participação com seis empates, quatro derrotas e nenhuma vitória.     

Para o técnico Luciano Veloso, não jogar em casa foi o grande problema do Calango. A equipe teve que mandar seus jogos em Pesqueira e Caruaru.     

- Nas primeiras rodadas nós não ganhamos dos nossos adversários diretos e o mando de campo atrapalhou. Nós não utilizamos nosso estádio, jogamos em Pesqueira e Caruaru. A nossa melhor partida no campeonato foi em casa contra o Náutico, se fosse assim desde o começo não teria terminado dessa forma, a falta de identificação foi determinante.     

Como toda história que não acaba bem, agora é hora de reunir os cacos e buscar os ensinamentos. Para Luciano, o clube precisa qualificar sua estrutura.     

- Esse é um aprendizado para que o clube tenha uma estrutura melhor para o seu campo de jogo, uma equipe de primeira divisão precisa do seu estádio. Fizemos um jogo em dois anos em casa, a torcida faz diferença para uma equipe do interior.     

Ainda segundo Luciano Veloso, o planejamento do Calango para o Campeonato Brasileiro da Série D não será alterado. Ele acredita que deve permanecer no comando da equipe e vai ao mercado buscar reforços. O Belo Jardim estreia na competição contra o Guarani de Juazeiro. Fonte: GE