CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

CLIP GOSPEL

Estelionatária fingia ser delegada para dar golpes de até R$ 30 mil em comerciantes


Shimener Ramos foi presa nesta sexta (23), em Olinda.


Uma mulher foi presa preventivamente na manhã desta sexta-feira (23), em Olinda, suspeita de aplicar golpes em mais de 50 pessoas em cidades do Grande Recife e do interior de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, Shimener Paula Francisca Costa Ramos, de 33 anos, abordava comerciantes afirmando ser uma delegada. Cada esquema deixava um prejuízo de cerca de R$ 30 mil.

Responsável pelas investigações, o delegado Gilmar Rodrigues informou que a a acusada tem uma extensa ficha criminal e responde por mais de 15 inquéritos na polícia.

“Ela não nega os crimes. Ela chegava nas lojas com a falsa posição de delegada, fazia compras que chegavam a até R$ 30 mil. Ela revendia essas mercadorias e não pagava os boletos. Algumas pessoas tiveram que pagar empréstimos para reabrir as empresas e outras até perderam a saúde psicológica”, explicou o delegado.

Nas redes sociais, segundo o delegado, há registros de mais de 50 pessoas que afirmam ter sido vítimas de Shimener. Ela foi encaminhada à Colônia Penal Feminina do Recife, no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife, onde fica à disposição da Justiça. Ela responde pelos crimes de estelionato, furto e apropriação indébita.

"Durante a prisão, nos impressionou foi a grandeza e o luxo da casa dela. Ela costumava subtrair relógios, lingeries, óculos, tudo de grife. Encontramos um conjunto de produtos com valor superior a R$ 200 mil, além do que ela já revendeu”, completou o delegado. Fonte: G1