CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Escolha de árbitro para Sport x Santa Cruz gera polêmica


O nome de Nielson Nogueira Dias não foi bem recebido pelos rubro-negros, muito menos a maneira como foi decidida para a escolha


Os temperos para o segundo e último Clássico das Multidões desta temporada já estão postos na mesa. Prova disso foi a escolha do árbitro para comandar o duelo entre Sport e Santa Cruz, nesta quarta-feira (14), na Ilha do Retiro. O nome de Nielson Nogueira Dias não foi bem recebido pelos rubro-negros, muito menos a maneira como foi decidida para definir o comandante do duelo. Os assistentes Clóvis Amaral e Ricardo Chianca completam o trio de arbitragem. A principal queixa dos rubro-negros foi pelo fato de não haver um sorteio para definir o árbitro da partida. Na segunda-feira (12), na sede da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), houve um primeiro sorteio para definir se o profissional seria de fora, pedido do Sport, ou do quadro local, solicitação da Cobra Coral que acabou vencedora. logo em seguida, a FPF decidiu por Nielson Nogueira Dias.

E aí nasce a grande queixa dos rubro-negros, que pediam por um sorteio com dois nomes de profissionais. Inclusive, a intenção dos rubro-negros era vetar o nome de Nielson até mesmo deste processo final. Sem obrigação de realizar a escolha desta forma, Evandro Carvalho, presidente da FPF, informou que utilizou um ranking interno para fazer a escolha. "O primeiro colocado é Péricles Bassols, mas ele apitou o clássico passado. Portanto, fomos para o segundo colocado, que é Nielson", justificou.

Aos 43 anos, Nielson coleciona polêmicas na carreira. Por duas ocasiões, em 2010 e 2012, chegou a ser afastado do quadro de árbitros da CBF por erros de arbitragem. "Em dez rodadas de Estadual se fez sorteio. Na hora do mata-mata não precisa mais fazer? Afeta a credibilidade do processo", comentou Emerson Santiago, um dos representantes do Sport na reunião de ontem.
Fonte: FolhaPE