CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Com pênalti polêmico, Náutico passa para as semifinais


Gol do Timbu foi de pênalti, num lance duvidoso, em que o árbitro Gilberto Castro Júnior assinalou, gerando queixas do Afogados


Foi suado, mas o Náutico carimbou sua vaga para as semifinais do Campeonato Pernambucano 2018 ao bater por 1x0 o Afogados, neste domingo (18), na Arena de Pernambuco. Com uma atuação irregular, o gol saiu apenas de pênalti, num lance duvidoso em que o árbitro Gilberto Castro Júnior assinalou, gerando queixas da equipe interiorana. O Timbu vai encarar o Salgueiro na próxima fase, novamente em jogo único. Por ter feito melhor campanha na Primeira Fase, os alvirrubros jogam em casa diante do Carcará. Antes, no meio da semana, o time joga pela Copa do Nordeste, contra o Botafogo/PB, na quinta-feira (22).

No primeiro tempo, o Náutico provou do próprio veneno. Nesta temporada, o time se acostumou a jogar mais defensivamente e explorar os contra-ataques. Porém, com a retranca do Afogados, a equipe alvirrubra se viu obrigada a propor o jogo. E foi aí que o jogo emperrou. Com Wallace Pernambucano e Ortigoza bem marcados, os pontas Robinho e Rogerinho não eram acionados com frequência, facilitando a maioria dos cortes da zaga interiorana pelo meio.

Sem atitude e criatividade, o Timbu chegava ao ataque constantemente, mas não chegava a assustar o adversário. Tanto que a melhor chance veio de uma bola parada. Aos 22, Wendel aproveitou cruzamento para cabecear e forçar uma boa defesa de Evandrízio.

Observando essa falta de criação, Roberto Fernandes voltou para o segundo tempo com Júnior Timbó no lugar de Rogerinho, liberando Wallace Pernambucano para atuar mais próximo do gol. A alteração fez o ataque alvirrubro evoluir, com muitas chances criadas. Robinho e Wallace Pernambucano perderam boas chances. Mas, aos 22, Gilberto Castro Júnior enxergou pênalti em lance duvidoso. Na cobrança, Júnior Timbó bateu com categoria e abriu o placar. Na tentativa de arrancar o empate, o Afogados se lançou ao ataque, mas não conseguiu o gol que precisava para levar a disputa para os pênaltis.

Ficha técnica:

Náutico 1
Bruno; Thiago Ennes, Camacho, Camutanga e Gabriel Araújo; Negretti, Wendel e Wallace Pernambucano (Clebinho); Rogerinho (Júnior Timbó), Robinho e Ortigoza. Técnico: Roberto Fernandes.

Afogados 0
Evandrízio; Thyego (Walter), Arlan Barros, Oséas e Thalison; Mádson, Douglas Bomba e Tarcísio; Bebeto, William (Evandro) e Etinho (Rosivaldo). Técnico: Pedro Manta

Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata).
Árbitro: Gilberto Castro Junior. Assistentes: Ricardo Chianca e Gilberto Freire. Gol: Júnior Timbó (aos 22 do 2ºT).
Cartões amarelos: Wallace Pernambucano, Camacho e Robinho (Náutico). Evandrízio. Tarcísio e Mádson (Afogados).
Cartões vermelhos: Clebinho (Náutico). Oséas (Afogados).
Público: 18.136. Renda: 232.555,00. Fonte: FolhaPE