CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Carências técnica e financeira escancaradas no Santa Cruz


Vice-presidente de futebol do Tricolor, Felipe Rego Barros garante que Cobra Coral está no mercado em busca de reforços


O treinador Júnior Rocha evidenciou a falta de qualidade técnica do elenco. Mesmo com a carência de jogadores mais cascudos no Santa Cruz, ele não culpou a diretoria de futebol e deixou claro que assumiu o clube sabendo das limitações financeiras. Mas não escondeu que sente na pele os problemas.

"Temos deficiências no elenco e dificuldades para contratar. Estamos respeitando um limite e não podemos passar dele. Sei que há necessidades, mas precisamos tirar de um limão muitas limonadas. Não tem o que fazer, até porque eu vim pra cá sabendo disso”, declarou.

Diante das necessidades, a direção busca quatro reforços, sendo a aquisição de dois centroavantes a prioridade. Isso porque o único atacante de referência do grupo é Vinícius. “Sempre procuramos qualificar o elenco. Claro que iremos contratar e já estamos monitorando alguns atletas. Temos consciência de que é preciso reforçar, mas vamos analisar o mercado", revelou o vice-presidente de futebol Felipe Rego Barros.

Por conta do aperto orçamentário, o Santa montou um grupo recheado de jovens apostas, em sua maioria desconhecidos, e de atletas da base. Apesar de precisar de peças mais qualificadas, Júnior Rocha reiterou que o maior reforço é a direção pagar em dia para ganhar credibilidade no mercado. "O mais importante é o pagamento, porque sem ele tudo vai por água abaixo", frisou.

Parceria
Logo quando foi apresentado oficialmente como novo gerente remunerado do Tricolor, Fred Gomes revelou a procura por clubes da Série A para firmar parcerias e conseguiu um envolvimento com Palmeiras, que já emprestou o zagueiro Augusto Silva e o lateral-direito Maílton, ambos formados no Verdão e jovens apostas que se destacaram nas categorias inferiores. Inclusive, o salário da dupla é pago pelos paulistas. Mais atletas podem ser cedidos ao Santa Cruz para a Série C. “Estamos em negociação com Cícero Souza (executivo de futebol do clube alviverde) e conversando sobre posições que possam encaixar aqui. Com o fim dos estaduais, a tendência é que a gente qualifique o elenco”, detalhou o dirigente. Fonte: FolhaPE