CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

CLIP GOSPEL

Após 41 anos, Belovel fecha suas portas e se despede de Belo Jardim e Caruaru

Referência durante décadas na venda de veículos automotivos da marca Volkswagen em Belo Jardim e em todo o Agreste pernambucano, a Belovel Veículos está com seus dias contados como concessionária autorizada da marca alemã. A reportagem do BJ1 ouviu fontes ligadas a empresa, que disseram que a loja deverá dar lugar a uma concessionária multimarcas em Belo Jardim. Segundo as informações, por alguns dias a loja ainda permanecerá com a bandeira Volksvagen apenas para a venda do restante do estoque de peças, que por sinal está com 80% de desconto. Todavia, a venda de veículos da marca já não mais está sendo feita.    

Por outro lado, em Caruaru, a empresa Bremen, que já atua como revendedora da marca alemã no Recife, em Salvador e Feira de Santa (BA), além de São Luís (MA), comprou a bandeira Volkswagen da Belovel – que já está com a loja definitivamente fechada – e deve abrir uma nova unidade de revenda na Capital do Agreste. A Bremen pertence ao Grupo Parvi, considerado atualmente um dos maiores grupos de revenda automotiva nas regiões Norte e Nordeste e dono de concessionárias autorizadas de diversas marcas de veículos.    

Em consulta ao site da Volkswagen do Brasil, na área de endereços de concessionárias, a Belovel já não mais aparece como loja da marca alemã. Os municípios de Belo Jardim e Caruaru também já não constam mais no mapa do site da companhia como localidades sede de concessionárias da Volkswagen. A Belovel é a última concessionária autorizada de veículos a fechar suas portas em Belo Jardim, município que no passado já contou com revendedoras das marcas Ford, Fiat e Chevrolet.    

A reportagem do BJ1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da Volkswagen do Brasil, que até o fechamento desta matéria não enviou um posicionamento oficial. Já com a Belovel e o Grupo Parvi (dono da Bremen), nossa reportagem não localizou ninguém que pudesse falar sobre o assunto.    

Histórico da Belovel 
Belovel, segundo informações do próprio site da empresa, teve como fundador o empresário Pedro Irineu de Araujo, nascido em Catolé do Rocha (PB), no Distrito de Lagoa Rasa, em maio de 1931. Em abril de 1967 a Volkswagen do Brasil confiou a ele a concessão de uma revenda da marca em Ouricuri, no Sertão de Pernambuco. Pedro, inclusive, à época aceitou dirigir o seu primeiro fusca de São Paulo a Pernambuco.    

Em 1972, o empresário chegou a marca de 30 veículos Volkswagen vendidos no Sertão do Estado. Em 1977, buscando novas oportunidades, Pedro tentou comprar a concessão Volkswagen de Vitória de Santo Antão, não conseguindo, ele acabou obtendo a concessão para Belo Jardim. Foi aí então que surgiu a Belovel.    

Em 1985, nomeou o seu primeiro filho para a direção da loja de Belo Jardim. Em 1990, conclui as novas instalações da Belovel, dentro dos padrões mundiais da Volkswagen. Já em 2001, a concessionária belo-jardinense conquistou a certificação de qualidade ISO 9002, a primeira concessionária no interior do Brasil a ter esta certificação.    

Já em setembro de 2005, a empresa realizou a transferência da matriz da concessão de Belo Jardim para Caruaru, passando ser um dos maiores concessionários Volkswagen fora das capitais no Nordeste. Fonte: BJ1