CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Polícia diz ter identificado suspeitos de assassinar vencedor da Mega-Sena no Ceará

A polícia já tem suspeitos do assassinato de um empresário vencedor da Mega Sena morto a tiros na madrugada de domingo (4), no município de Campos Sales, na Região do Cariri, a cerca de 480 quilômetros de Fortaleza. 
Miguel Ferreira estava em um bar na cidade de Campos Sales quando um homem se aproximou dele e disparou vários tiros. O empresário foi atingido por três tiros, conforme a Polícia Civil.     

"Importante que já há suspeitos da autoria do crime, mas diligências estão sendo feitas pelas equipes da Polícia Civil no intuito de corroborar com as investigações", disse o delegado de Campos Sales, Bruno Fonseca.    

"E sendo essas confirmadas, as devidas representações serão formuladas perante o Judiciário pra que a pessoa envolvida nesse crime seja presa e eventualmente possa responder perante a Justiça", completou o policial.    

O empresário Miguel Ferreira de Oliveira foi assassinado com três tiros em um bar da cidade. O caso aconteceu por volta das 2h15 do domingo (4).    

Segundo a polícia, a vítima era ganhadora de um prêmio de R$ 39 milhões na Mega-Sena, em um sorteio realizado no ano de 2011. Ele deixou São Paulo e foi para o Ceará após ganhar o prêmio.    

A Polícia Civil informou que, atualmente, Miguel Ferreira atuava como empresário do ramo de aluguéis de imóveis. A polícia informou, ainda, que a vítima possuía passagens por embriaguez ao volante e desacato.    

Em entrevista à TV Verdes Mares, testemunhas relataram que o assassinado "veio para matar mesmo". "Só ouvi os tiros, quando dei fé, o homem estava morto na mesa. E o cara que atirou saiu e ninguém deu notícia para onde esse homem correu. O cara já veio para matar mesmo", afirmou. 
*Colaborou Edson Freitas, da TV Verdes Mares