CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Negociação por André avança e pode chegar a um desfecho

Atacante aguarda entendimento entre o Grêmio, que voltou a mostrar interesse em tê-lo, e o Rubro-negro


Remontar a sua diretoria de futebol é um dos novos desafios da gestão Arnaldo Barros. Sem fazer nenhum anúncio oficial até o momento, apenas um nome parece assegurado neste novo quadro: o do ex-diretor de futebol Guilherme Beltrão, dirigente presente na diretoria campeã da Copa do Brasil em 2008. Mesmo sem o martelo batido, tudo leva a crer que a confirmação virá em breve, já que Beltrão concedeu entrevistas adotando um tom de dirigente da nova gestão.

Dez anos depois de ser um dos responsáveis por contratar Nelsinho Baptista e em seguida vir a conquista histórica, ele reencontrará o treinador. E uma das primeiras e das mais árduas missões que Guilherme Beltrão e a nova diretoria têm pela frente é o "caso André".

O Grêmio voltou a negociar com os pernambucanos e a situação deve ser resolvida ainda nesta semana. A nova investida gremista seria de R$ 10 milhões por 60% dos direitos econômicos do jogador e mais três atletas cedidos por empréstimos ao Leão, com parte dos salários pagos pelos gaúchos.

Segundo informações de bastidores, os dirigentes dos dois clubes estiveram reunidos nesta segunda-feira (19), e a negociação está muito próxima de ser concretizada. Por conta do interesse gremista e do próprio jogador em deixar a Ilha do Retiro, André está afastado do elenco até que se resolva a questão.
No começo do ano, o clube gaúcho fez uma proposta que, segundo a própria diretoria rubro-negra, mexeu com a cabeça do atleta. Porém, o clube pernambucano teria recusado de prontidão a oferta inicial, que era de cerca de R$ 6 milhões. Na tentativa de fechar o negócio, os tricolores subiram o valor para R$ 8 milhões. Os rubro-negros não só negaram novamente, como também afirmaram que, para levar André, o Grêmio teria que pagar a multa rescisória do contrato assinado, que é próxima dos R$ 60 milhões.

Sendo assim, André pediu para não ser relacionado contra o Santos/AP, na estreia da Copa do Brasil. Em seguida, também solicitou para não atuar diante do Ferroviário/CE. Caso ele atuasse com a camisa do Sport, não poderia mais jogar por nenhum outro clube na competição. Em entrevista à Rádio Transamérica, nesta segunda, Guilherme Beltrão admitiu que o jogador não está com a cabeça no Rubro-negro.

"André demonstrou que não tem interesse mais em jogar no Sport. O jogador foi convocado para um jogo e simplesmente não foi. Se ele ficar no Sport, e eu gostaria que isso viesse a acontecer, ele precisa estar 100% focado", pontuou Beltrão. Fonte: FolhaPE