CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

CLIP GOSPEL

Compesa apresenta projeto de esgotamento sanitário para Belo Jardim, PE

O esgotamento sanitário vai garantir uma melhor qualidade de vida a população e reduzir a poluição hídrica nas bacias da região. 


Nessa quarta-feira (21/02/18), a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) apresentou, na Câmara de Vereadores de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, o Programa de Saneamento Ambiental da Bacia Hidrográfica do Ipojuca (PSA).

Em Belo Jardim, estão previstos o projeto de obras do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) e o Programa de Pagamento por Serviços Ambientais na Bacia do Bitury, que estão em processo licitatório. O esgotamento sanitário vai garantir uma melhor qualidade de vida a população e reduzir a poluição hídrica nas bacias da região.

De responsabilidade da (Compesa), o processo de revitalização e sustentabilidade do Rio Ipojuca custará US$ 330 milhões, sendo US$ 200 milhões oriundos do BID e US$ 130 milhões de contrapartida estadual. A previsão é que as obras sejam concluídas até agosto de 2019. Quando concluído, o projeto beneficiará diretamente 876 mil pessoas.

O PSA – Ipojuca prevê a construção de estações de tratamento de esgoto e a criação de um parque ambiental que deve possuir, no mínimo, seis hectares cercado por reserva de mata ciliar.

Estiveram presentes na audiência representantes da Agência Pernambucana de Águas e Climas (APAC); Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH); Companhia Pernambucana de Água (Compesa); secretaria de Obras da Prefeitura de Belo Jardim; Consul Bitury; Baterias Moura; Grupo Asa; Notaro Alimentos e Organizações Não Governamentais (ONG’s). Texto:BJ1   Fotos: Blog Se Liga