CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

CLIP GOSPEL

825 roubos e assaltos e 27 estupros em Belo Jardim em 2017, revela reportagem do Enfoco

Sair de casa ou do trabalho, ou ainda de um ambiente de lazer ou mesmo de qualquer outro lugar portando celular e carteira e, na rua, aparecer alguém e levar embora os pertences. Esta cena tem sido muito comum em Pernambuco e, sobretudo, nos municípios onde a violência tem dominado sem limites, a exemplo de Belo Jardim.     

No ano passado, 825 casos de roubos e assaltos foram registrados no município, segundo dados da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE). Já em todo 2016, esse índice foi de 685 casos contabilizados pela SDS, totalizando uma média de 57 crimes por mês. Em 2017, a média chegou a 68,75 casos registrados a cada 30 dias.     

Na série histórica anual, o quantitativo de crimes violentos contra o patrimônio – que contempla assaltos e roubos – em Belo Jardim, mais que dobrou entre os anos de 2015 (389 casos) e 2017 (825 casos). Nos anos anteriores, o índice sequer se aproximava da marca anual de 300 crimes: 2014 (237), 2013 (213), 2012 (137) e 2011 (185).     

Estupros e violência doméstica também em alta 
Em relação ao número de crimes de estupro, em Belo Jardim de janeiro a dezembro do ano passado, de acordo com a SDS, foram registrados 27 casos, o que dá uma média de 2,25 estupros por mês.     

Já no ano passado, também segundo a SDS, o índice desse tipo de crime foi de 18, deixando assim o ano de 2017 com um aumento de 50% em relação a 2016.     

Quanto aos casos de violência doméstica de janeiro a dezembro do ano passado, os registros deram conta de 196 casos, enquanto que em 2016 esse índice foi de 171, conforme dados da SDS, o que mostra um aumento de quase 25% em 2017.     

Homicídios em janeiro de 2018 superam os de janeiro de 2017 
Em janeiro deste ano houve o registro de sete homicídios em Belo Jardim, enquanto que no mesmo mês do ano passado o registro de crimes desse tipo foi de cinco casos. Ou seja, o primeiro mês de 2018 já contabiliza um aumento de 40% em relação a janeiro de 2017 na ocorrência de assassinatos. E já nos dois primeiros dias de fevereiro deste ano, um oitavo assassinato foi contabilizado no município.    

Enfoco entrou em contato com a Assessoria de Comunicação e Imprensa da SDS-PE para saber quais medidas estão sendo tomadas para diminuir os números da violência município, mas não obteve nenhuma resposta até o fechamento da edição de fevereiro do jornal, no dia 08/02.  Do Jornal Enfoco