CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

CLIP GOSPEL

Vitor Gabriel brilha, Flamengo vira sobre a Lusa e vai à final da Copinha

O Flamengo é o primeiro finalista da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com boa atuação de Vitor Gabriel, os cariocas derrotaram a Portuguesa, de virada, pelo placar de 3x2. A partida foi disputada nesta segunda-feira (22) no estádio do Canindé, na capital paulista.     

Agora, o rubro-negro agora aguarda o vencedor da outra semifinal para conhecer seu adversário na grande decisão da próxima quinta-feira (25), no estádio do Pacaembu. Internacional x São Paulo se enfrentam às 20h (de Brasília) desta segunda-feira, na Arena Barueri.    

Virada carioca 
O duelo começou com a Portuguesa abrindo a contagem do marcador logo aos 8 minutos. Reinaldo dá linda enfiada de bola para Cesinha. Ele escapa pela esquerda e cruza na medida para Davi, que resvala e vence o goleiro. Só que o empate do Flamengo aconteceu alguns minutos mais tarde.    

Foi ali que começou o protagonismo de Vitor Gabriel. Ele aproveitou cruzamento de Luiz Henrique para deixar tudo igual de cabeça. Na comemoração, segundo o árbitro do jogo, o atacante provocou a torcida adversária e foi punido com cartão amarelo que o tira da grande decisão.     

No entanto, nada que o abalasse. Na virada flamenguista, foi o responsável por servir Luiz Henrique, que não desperdiçou a chance de balançar as redes. Atrás do placar, os jogadores da Portuguesa se mostravam irritados com a arbitragem. O técnico Márcio Zanardi foi expulso depois de muita reclamação perto do apito final do primeiro tempo.      

Coroação da atuação de Vitor Gabriel 
Veio a etapa final e o Flamengo teve excelente chance de praticamente selar a vitória. Bill recebeu na entrada da área, tirou do marcador e bateu bonito, vendo a bola carimbar a trave do goleiro Matheus, que ficou completamente parado no lance, sem esboçar qualquer reação,, apenas observando.    

Então, aos 15 minutos, Vitor Gabriel voltou a aparecer. O atacante, completamente livre dentro da área, novamente de cabeça, anotou o terceiro do rubro-negro, vendo a bola tocar no travessão antes de morrer no fundo das redes. Ele poderia ter marcado mais um quando pegou rebote do goleiro, mas o árbitro invalidou o lance por impedimento.   

Só que a Portuguesa não se entregou. Em boa trama pela direita, Maurício recebeu de Reinaldo e fez cruzamento na medida para o meio da área. Lá estava Pernambuco, que nem precisou saltar para cabecear para o fundo das redes, sem qualquer chance de defesa para o goleiro.    

Por muito pouco a Lusa não conseguiu chegar ao empate já nos últimos minutos. Em novo lance com Pernambuco, o atacante ficou cara a cara com Yago. No entanto, o goleiro do Flamengo brilhou e defendeu o chute à queima-roupa com o braço direito, assegurando a classificação carioca, 3x2. 
Fonte: MSN Brasil