CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Poupança fecha 2017 com saldo positivo após dois anos no vermelho

A captação líquida na poupança fechou o ano passado em R$ 17,13 bilhões, maior saldo positivo desde 2014


Os depósitos na poupança superaram os resgates em 2017 e a caderneta voltou a fechar um ano no azul, após registrar captação líquida negativa em 2015 e 2016, segundo dados do Banco Central divulgados nesta sexta-feira (5). A captação líquida na poupança fechou o ano passado em R$ 17,13 bilhões, maior saldo positivo desde 2014.

Somente em dezembro, a caderneta teve R$ 208,6 bilhões de depósitos, contra R$ 189,2 bilhões de saques. No ano, o saldo final da poupança ficou em R$ 724,6 bilhões.

A recuperação da captação líquida da poupança ocorre em um contexto de inflação sob controle, retomada da economia brasileira e injeção de recursos na economia com a liberação das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e do PIS/Pasep para idosos.

A queda da taxa básica de juros da economia abaixo de 8,5% ao ano ativou o gatilho que diminui a rentabilidade da caderneta. Agora, a poupança rende 70% da Selic -mensalizada- mais TR (Taxa Referencial). Fonte: FolhaPE