CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

SE LIGA NAS MAROCAS 2018

Policial atira em casa de namorado após ter surto psicótico na PB, diz Polícia Militar

Caso ocorreu na zona rural de Puxinanã e durou cerca de 6 horas; policial é de Pernambuco.


Um soldado policial militar do estado de Pernambuco de 35 anos foi presa depois de efetuar disparos na casa do namorado, na zona rural do município de Puxinanã, no Agreste paraibano. O caso ocorreu nesta terça-feira (23) e, segundo a Polícia Militar da Paraíba, ela sofreu um surto psicótico durante uma briga entre o casal, que estaria terminando o relacionamento.

Os disparos ocorreram dentro da propriedade do namorado da policial, um agricultor que mora no sítio Várzea Salgada. Segundo a Polícia Militar da Paraíba, a soldado estava armada com uma pistola e teria sofrido um surto psicótico. Quando os militares chegaram ao local, perceberam que ela estava em crise.

Segundo o major Samaroni, comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar da Paraíba (15ºBPM), dentro da casa, a mulher se trancou em um quarto e dizia o tempo inteiro que não queria a presença da Polícia Militar. Uma equipe do Grupo de Apoio Tático Especial (Gate) foi acionada para negociar com a policial até que ela se entregasse. A ocorrência durou cerca de 6 horas entre a manhã e tarde desta terça-feira.

Depois de entregar a arma, a policial foi levada para Delegacia de Polícia Civil de Esperança, no Brejo paraibano, onde foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A arma que ela usava foi apreendida ainda com cinco munições. A policial de 35 anos é lotada de um batalhão da cidade de Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco. Fonte: G1