CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Em visita a Belo Jardim, Deputado Sílvio Costa diz que PSB é o palanque de golpistas

Em visita a Belo Jardim e Agrestina, hoje, acompanhando o senador Armando Monteiro (PTB), o deputado federal e pré-candidato ao Senado pelo Avante, Sílvio Costa, reafirmou apoio ao petebista para o governo do Estado e defendeu múltiplas candidaturas como a garantia de um segundo turno. De forma direta, Sílvio Costa tachou o PSB e o governador     

Paulo Câmara de "golpistas" e de usarem de "hipocrisia" como discurso para enganar a população. "São hipócritas. Deram o golpe em Dilma e, quando viram que Michel Temer era impopular, passaram a fazer oposição", acusou.     
O deputado ressaltou o compromisso político com Armando Monteiro, de quem é aliado há 25 anos, mas definiu como importante a pré-candidatura da petista Marília Arraes para o projeto de mudança em Pernambuco. "É legítimo que seja candidata. A militância do PT quer. Podemos ter uma frente de oposições com duas ou mais candidaturas. No segundo turno, nos aliamos contra o desgoverno de Paulo Câmara", expôs Sílvio Costa.    

Em Belo Jardim, ao lado do prefeito Hélio dos Terrenos (PTB) e de Armando Monteiro, o deputado Sílvio Costa afirmou que o modelo de gestão do PSB, no Estado, está esgotado e que Pernambuco necessita de uma mudança de rumo que reorganize a sua gestão e possibilite a retomada de seu crescimento econômico. "Paulo Câmara não lidera e não sabe governar. A segurança é um caos e o Estado está endividado", disse Sílvio Costa.    

Vice-líder da oposição na Câmara, ex-vice-líder de Dilma e aliado do ex-presidente Lula, Sílvio Costa lembrou que Armando Monteiro permaneceu fiel a Dilma até o fim, votou contra o impeachment e votará em Lula se o ex-presidente viabilizar a sua candidatura. "O senador Armando não é golpista. Ele defendeu a democracia contra o golpe, ao contrário de Paula Câmara e do PSB que poderiam ter evitado a derrubada de Dilma. O palanque de Armando será o palanque da democracia", diferenciou Sílvio. Fonte: Blog do Magno