CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Cruzada da filha de Billy Graham reúne 500 mil pessoas na Índia

A evangelista Anne Graham Lotz, filha de Bylly Graham, reuniu cerca de 500 mil pessoas em uma cruzada na Índia, no início deste mês. O objetivo era reunir as igrejas para oração pelo país. Em um evento posterior, seu ministério calcula que 10 mil pessoas levantaram as mãos quando foram convidadas a aceitar Jesus Cristo como Salvador.     

De acordo com Vicki Bentley, membro do Ministério AnGeL, liderado por Anne, o convite foi para a evangelista ser preletora do segundo “Dia Nacional de Oração”, realizado na cidade de Hyderabad.       

“Anne pregou sobre o profeta Daniel. Ela explicou, a partir de Daniel 9, como um homem que conhecia Deus orou, moveu o céu e mudou sua nação. Então ela desafiou os presentes a orar como Daniel fez”, contou Bentley. Após a pregação, ocorreu um longo período de intercessão, pedindo um avivamento tanto pessoal quanto nacional.     

O encontro foi organizado pelo conselho cristão de Telangana, que reuniu diferentes denominações evangélicas, incluindo algumas igrejas católicas. Eles calculam que mais de 450 igrejas estavam representadas.      

Seguindo a tradição da família, ela também organizou uma cruzada evangelística, onde milhares de pessoas lotaram a tenda que hospedava o evento, a resposta foi “tremenda”, afirma Bentley, pontuando que foram cerca de 10 mil decisões.      

A fé cristã ainda é minoritária na Índia, onde a maioria é hindu. Nos últimos anos, a perseguição religiosa cresceu de maneira significativa por causa da ação de extremistas, que defendem uma nação só para hindus. Segundo o ranking anual da Portas Abertas, a Índia é o 11º país que mais persegue os cristãos no mundo.      

Samuel e Benida, dois líderes da igreja subterrânea contaram ao The Christian Post que pastores são comumente espancados quando há notícias que hindus se converteram em suas igrejas. Há casos de templos sendo incendiados.      

Este mês um pastor foi encontrado enforcado dentro da igreja que pastoreava e a polícia tratou o caso como suicídio, embora o corpo dele tivesse vários sinais de tortura, o que revoltou os cristãos da região. Fonte: Prime Gospel