CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

CLIP GOSPEL

Atual campeão da Copinha, Corinthians passa pelo Sport nos pênaltis

Atual campeão da Copa São Paulo de futebol júnior, o Corinthians passou sufoco, mas avançou para a terceira fase da competição. Após empate por 1 a 1 no tempo normal, a equipe paulista venceu o Sport nos pênaltis por 4 a 1, nesta sexta-feira (12/01).    

Agora, o time alvinegro aguarda o resultado do confronto entre São Carlos e Ferroviária, que começou às 19h (de Brasília), para descobrir quem será seu adversário na terceira fase da competição.   

O Corinthians também é o clube que possui mais títulos na história do torneio (10). Apenas nos últimos seis anos, foram cinco finais e três títulos.    

O JOGO 
Ao contrário do confronto com a Ferroviária, o Corinthians esteve um dia muito melhor nesta sexta-feira.     

Aos 13 minutos, em cobrança de falta, Fabrício Oya, o camisa 10 alvinegro, bateu no canto oposto da barreira, surpreendendo o goleiro rubro-negro, que apenas acompanhou a bola entrar e estufar as redes na Arena Fonte Luminosa.    

Cinco minutos depois, o Corinthians esteve muito próximo do segundo gol. O lateral-direito Samuel experimentou de fora da área e mandou no ângulo direito de Everton, que voou para fazer a defesa com a ponta dos dedos e mandar para a linha de fundo. A partir daí o Timãozinho desacelerou, passando a administrar a posse de bola e se assegurar de ir para o intervalo com a vantagem no marcador.    

No segundo tempo o Corinthians continuou ligado e quase chegou ao segundo gol aos oito minutos, novamente em cobrança de falta. Desta vez, Fabrício Oya decidiu cobrar por cima da barreira e carimbou a trave direita do goleiro Everton, que ainda se jogou para tentar fazer a defesa, mas não alcançou a bola. Posteriormente, aos 14 minutos, foi a vez do Sport assustar e carimbar o travessão com Robinho, que recebeu na entrada da área, ajeitou o corpo e bateu firme para deixar o grito de gol entalado na garganta dos rubro-negros.    

Com o passar do tempo, o Corinthians foi se recuando e chamando o Sport para o campo de ataque. Com isso, ao invés de contra-atacar, o Timãozinho se deu mal e acabou sofrendo o empate após o árbitro marcar pênalti do zagueiro João, que bateu com o braço na bola dentro da área. Capitão do Leão, João Erick partiu para a cobrança e não desperdiçou, batendo firme no canto esquerdo de Diego e deixando tudo igual em Araraquara.    

O Sport ganhou confiança com o gol e seguiu pressionando o Corinthians nos minutos finais. Somente quando foi se aproximando do apito final que a equipe pernambucana preferiu não se arriscar. O Corinthians, por sua vez, passou os últimos instantes do jogo tentando encontrar um espaço para chegar ao tão sonhado gol da classificação, no entanto, não conseguiu evitar os pênaltis.    

PÊNALTIS 
Na cobrança de pênaltis prevaleceu a tranquilidade dos garotos do Corinthians, que acertaram todas as cobranças, a maioria batendo no lado oposto do goleiro, para vencer por 4 a 1. Fabrício OyaRamonzinho, Samuel e Guilherme foram os corintianos que marcaram. Pelo lado do Sport, João Erick, autor do gol rubro-negro no tempo regulamentar, e o zagueiro Chico foram os atletas que desperdiçaram suas cobranças. Fonte: Msn Brasil