CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Programa oferece 1.300 bolsas de estudo em instituições de ensino superior municipais em Pernambuco


Edital com detalhes do Programa Universidade Para Todos (Proupe) em 2018 foi publicado no Dário Oficial desta terça (12). Inscrições gratuitas começam na segunda (18).


Uma portaria da secretaria de Ciência e Tecnologia, publicada no Diário Oficial desta terça-feira (12), detalha a oferta de 1.300 bolsas de estudo para o Programa Universidade para Todos em Pernambuco (Proupe). De acordo com o edital, terão prioridade as áreas de ciência, tecnologia, engenharia, matemática e computação. As inscrições gratuitas começam na segunda-feira (18). 
As mudanças no programa, com prioridade para cursos de ciências exatas, foram anunciadas pelo governo estadual em outubro. Podem participar do Proupe universitários de escolas públicas e privadas (em caso de bolsa integral), bem como professores efetivos da rede pública de ensino e que não estejam licenciados. 
Os interessados podem realizar o cadastro até 3 de janeiro pelo site da Secretaria de Ciência e Tecnologia. Participam do programa as autarquias municipais de ensino superior, sem fins lucrativos, no interior pernambucano. 
Após a inscrição inicial feita pelo site, o candidato deve validar presencialmente o cadastro, com a entrega de documentos pessoais, como identidade e CPF, além de comprovante de inscrição, original e cópia do documento citado no cadastro, comprovante da nota escolar usada para a seleção. 
Para os cursos de matemática, física, química, biologia, além de engenharias, informática, estatística e de tecnólogo as bolsas são de R$ 245. Para os demais, o valor ficará em R$ 135. Os valores são repassados às autarquias, que vão abater esse montante das mensalidades dos candidatos aprovados.
Processo
Os candidatos serão selecionados por nota. As autarquias terão até 9 de janeiro de 2018 para inserção da nota final de cada candidato no sistema do programa. O resultado dos bolsistas contemplados será divulgado em 25 de janeiro também pelo site da secretaria. 
História
Criado há seis anos, o Proupe concede bolsas de estudo para alunos do Ensino Superior em autarquias municipais sem fins lucrativos. A nova lei também estabelece a nota mínima de 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar alunos. 
O Proupe atendeu uma média mensal de 8.800 alunos. O investimento, nesse período, chegou a R$ 100 milhões. A partir de 2018, 60% das bolsas serão destinadas às áreas de ciências. Em 2020, esse percentual subirá para 70%. 
De acordo com o governo do estado, a mudança no programa, que alterou a Lei Estadual nº 14.430, de setembro de 2011, toma como ponto de partida “a necessidade de preparar os pernambucanos para as transformações globais, assegurando condições para uma economia e sociedade digitais aptas a elevar a qualidade de vida e garantir o desenvolvimento econômico das gerações”. Fonte: G1