CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

SE LIGA NAS MAROCAS 2018

O retorno dos anos 80: as peças que foram tendência em 2017

Anos oitenta voltaram com tudo neste ano, trazendo desde estampas animal e neon até pochetes repaginadas


Os anos 80 foram uma época marcante não somente na música, mas também na moda com acessórios e roupas extravagantes, cheios de cor e atitude. Muitos desses itens voltaram aos holofotes da moda em 2017, são roupas com estampa animal, cores neon e a volta da pochete -  se antes era um acessório brega, agora existem modelos mais modernos que podem ser uma boa alternativa para guardar a carteira e o celular.



Um dos principais itens fashion nos anos 80 eram as roupas com estampas chamativas, hoje esse tipo de estampa volta com força nas peças esportivas como leggings e tops. Outra tendência forte é a volta das cores neon que marcaram época e durante muito tempo ficaram restritas ao setor esportivo, mas hoje voltam a aparecer também em looks casual/chique.


Outro grande retorno é o do body que está sendo usado até mesmo em situações casuais com shorts, calça e saia. Na hora de escolher o body é tudo ou nada, você pode optar por um modelo simples de cor única ou então um body com estampa super chamativa. No campo dos acessórios o destaque vai para as pochetes que se antes eram alvo de piadas pela visual brega, agora voltam com uma aparência mais refinada similar à de bolsas carteira e clutches.


O jeans, tecido que sempre foi coringa no guarda-roupa de muita gente, volta a aparecer com alguns detalhes que estiveram em voga nos anos 80. Um deles são os patches, espécie de emblema feito de pano costurado ou colado ao tecido. Também voltaram a aparecer os jeans rasgados, que vem ganhando espaço nos guarda-roupas, aliás, algumas peças são bastante ousadas com rasgos enormes que ajudam a mostrar um pouco de pele em meio ao tecido. Fonte: FolhaPE