CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Ambulante conquista clientes ao usar roupa de garçom para vender água em semáforo do Recife

Desempregado, Leandro Soares adotou a ideia há cerca de um mês e comemora a repercussão com os motoristas, que, segundo ele, pagam mais do que R$ 1 pela garrafa devido ao visual elegante. 

Quando somados, o calor da capital pernambucana e a necessidade de garantir uma renda em meio a um cenário de escassas oportunidades resultam em diversos vendedores de água, que se espalham por vários semáforos de importantes ruas e avenidas da cidade. Ciente da concorrência acirrada, o pernambucano Leandro Soares decidiu inovar para fugir do desemprego e, junto com o amigo Adriano Porciano, se veste de garçom para conquistar os clientes pelo visual elegante. 

A ideia, vista na internet, foi posta em prática pelo agente de segurança há cerca de um mês, para fugir do desemprego. Depois de já ter trabalhado como frentista, churrasqueiro e sub-gerente de um posto de gasolina, Leandro teve que lançar mão da criatividade como investimento principal, depois de passar cerca de um ano sem oportunidades formais 

Mesmo com pouco tempo de atuação em um semáforo da Avenida Domingos Ferreira, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, Leandro comemora o sucesso imediato do figurino. “Tenho 40 anos e nunca fui tão bem recepcionado na minha vida. Tem dado muito certo pra nós”, comenta, feliz pela repercussão das vendas. Por dia, ele e o colega de trabalho faturam R$ 60 cada um pela venda de águas. 

“Tem gente que nos dá até mais do que R$ 1 pela água. Dizem que estão dando a mais pela roupa, pelo atendimento, porque dizem que é uma honra serem atendidos de uma forma tão elegante. O carinho do pessoal é muito grande”, afirma o vendedor, que também ganha a colaboração de um restaurante próximo ao semáforo em que trabalha. “Venho pedalando do bairro de São José até Boa Viagem e consigo trocar a roupa lá, para não trabalhar suado”, comenta. 

A colaboração, inclusive, não vem unicamente de quem convive diretamente com o vendedor, já que o visual caprichado do ambulante também chamou a atenção de uma marca de água mineral. “Eles estão nos oferecendo cada garrafa de água a um centavo, então praticamente não temos custo. Tudo vem acontecendo muito rápido e eu estou muito agradecido por tudo”, diz, feliz por ter encontrado uma forma divertida e gratificante de garantir o pagamento das contas de casa.  Fonte: G1 Caruaru