CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Oeste vence Paraná, derruba invencibilidade do rival e esquenta briga pelo acesso

Com dois gols de Gabriel Vasconcelos, time de Barueri fica a um ponto do G-4; Tricolor Paranaense perde em casa após 10 vitórias seguidas e desperdiça a chance de se aproximar da Série A


Os pouco mais de 14 mil torcedores que lotaram a Vila Capanema, na noite desta terça-feira, assistiram a dois jogos completamente diferentes nos dois tempos da partida. Primeiro o Paraná teve mais posse e um certo domínio, e mesmo com poucas chances criadas, foi ao intervalo na frente com um gol de Vinícius Kiss. Depois o jogo virou, literalmente, na velocidade do Oeste, que venceu com dois de Gabriel Vasconcelos para fechar o placar em 2 a 1, em duelo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Rubrão esquenta a briga pelo acesso, enquanto o Tricolor Paranaense desperdiça boa chance de se aproximar da Série A. (Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo) 


1º TEMPO
Um jogo de muita marcação, jogadas ríspidas e pouca ação ofensiva. Paraná e Oeste bem que tentaram, mas não escaparam de suas fortes marcações na primeira etapa. A equipe da casa tomou a iniciativa, mas os três volantes do time paulista fecharam bem o setor de criação paranista. Do outro lado, Robert ficou isolado, enquanto Mazinho só apareceu em um chute de longe. Quando tudo parecia levar o jogo sem gols para o intervalo, Vinícius Kiss quebrou a monotonia da partida com uma bomba no cantinho, abrindo o placar na Vila Capanema.


2º TEMPO
O Oeste se abriu no começo da segunda etapa, trocando Wilson Matias por Henrique, e o jogo foi completamente diferente. Com mais espaços, o Paraná conseguiu jogadas de perigo com João Pedro e Alemão, mas não conseguiu ampliar. Jogando como gosta, o Rubrão empatou com Gabriel Vasconcelos, aproveitando uma falha da defesa. Mesmo sofrendo o empate, a equipe da casa seguiu buscando o gol. Já no fim, quando os paranistas apertavam, Gabriel Vasconcelos voltou a receber sozinho na frente, em contra-ataque rápido, e decretou a vitória dos visitantes. Fonte: G1