CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

No centenário, Fortaleza quer ter Rogério Ceni como técnico

Desempregado desde que foi demitido pelo clube paulista, em julho, em sua primeira experiência como treinador, Ceni já conheceu as instalações do Fortaleza e sua eventual contratação é vista com otimismo nos bastidores do clube.


O Fortaleza, porém, negocia com pelo menos outros dois técnicos. A busca por um treinador para o time que garantiu o acesso à Série B depois de oito anos é vista como prioridade. De acordo com a presidência, a intenção é anunciar um comandante neste mês.

“Ceni é um grande nome, muito interessante pela história e pelo currículo. O que a gente precisa agora é verificar as necessidades dele e nossa possibilidade”, disse Marcelo Paz. “Precisamos de alguém que tenha um trabalho de campo qualificado, boa imagem e que saiba conduzir o time no dia a dia”.

O nome de Rogério Ceni foi acionado no Fortaleza assim que Antônio Carlos Zago deixou o comando da equipe, em outubro. Amigo de Ceni, o preparador de goleiros do time cearense, Bosco, ex-reserva dele no São Paulo entre 2005 e 2011, foi quem forneceu o contato. A contratação de um nome “de peso” é parte da estratégia do Fortaleza para seu centenário.

“Aproveitando o aniversário, queremos envolver mais o torcedor, nas bilheterias e no (programa) sócio torcedor, além de termos uma equipe competitiva para a Série B”, afirmou o presidente. “Temos consciência da dificuldade, mas queremos fazer uma boa campanha no Brasileiro do ano que vem e almejamos o acesso à Série A. Seria o grande presente à nossa torcida no ano do centenário do clube”.

A visita de Rogério Ceni ao Fortaleza, na semana passada, intensificou as especulações por parte de torcedores de que ele poderia assumir o comando da equipe. Durante o passeio, o ex-goleiro se encontrou com Bosco e com diretores de futebol, que apresentaram ao técnico a estrutura do clube. Porém, nenhuma proposta oficial foi feita naquela ocasião. Ceni sabe, no entanto, que tem as portas abertas no time. Basta acenar positivamente.

Procurada pela reportagem, a assessoria de Rogério Ceni preferiu não dar informações sobre possíveis passos do ex-goleiro para 2018. Depois de sua demissão do São Paulo, em julho, o treinador retomou seu curso de técnico na Inglaterra. Fonte:Msn