CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Rogério Ceni chega para comandar o Fortaleza: "Escrever uma história nova"


Rogério Ceni chegou nesta terça-feira (14) ao Fortaleza. Será apresentado nesta quarta (15), na Arena Castelão, mas já conversou com torcedores do clube por uma rede social nesta tarde, ao lado do presidente Marcelo Paz. O novo técnico afirma que quer uma experiência memorável no Pici, lembrou que o Fortaleza é o primeiro clube dele após o São Paulo, onde ficou dos 17 aos 44 anos e convocou os torcedores a apoiarem o Leão, tanto os do Fortaleza como os do ex-clube.     

 - Quero que seja algo bacana, memorável, que fique para sempre na cabeça do torcedor (do Fortaleza). É um grande desafio, sabemos das dificuldades financeiras e limitações, mas vejo a vontade do presidente, acho bacana. Fortaleza é o meu primeiro time (depois do São Paulo). É uma nova história que se escreve. O torcedor do São Paulo vai simpatizar muito com Tricolor (cearense). Quero escrever história nova - disse Ceni.      

O clube do Pici Fortaleza vai apresentar o técnico Rogério Ceni na quarta-feira (15), na Arena Castelão. Às 16 horas, o novo comandante conversa com a imprensa. Às 17 horas, será apresentado aos torcedores. Sócios têm livre entrada no estádio. Quem não é sócio precisa pagar R$ 30 para entrar no evento. O momento será na Área Vip Premium, com um show de uma dupla sertaneja.      

- Quero fazer o melhor sempre pelo Leão, vamos iniciar pelo Cearense e o que eu posso pedir é essa aproximação com a torcida, pensando em título. Em maio, pensaremos ainda na Série B. Uma cidade linda, de pessoas alegres. Conto com a presença de vocês no estádio, seja no PV ou Castelão. É uma experiência de vida, porque passei praticamente 27 anos no São Paulo. Cheguei aos 17 anos e saio aos 44 (do São Paulo).       

Ceni lembrou ainda a importância do ex-goleiro Bosco, com quem trabalhou na seleção brasileira e no São Paulo, para que contrato fosse assinado. Ele também explicou que o aumento dos sócios-torcedores trará possibilidade dos maiores contratos.      

- Acho que a gente tem coisas a fazer, melhorar, de evolução. Mas, durante 10 dias em que conversamos, sempre houve uma persistência para que eu viesse. A gente tem que ir aonde querem que a gente esteja. Sócios-torcedores vamos chegar ao número grande, a sustentabilidade da equipe. Existe a nossa responsabilidade de fazer com o que o Fortaleza seja forte, contrate bem, nas possibilidades, e possa entregar resultados. Nos vemos, torcedores do Leão. Estou extremamente contente de estar aqui, muito feliz. O futebol é o mesmo em todo o lugar, você tem que trabalhar com paixão. Só essa paixão é capaz de fazer com que o Fortaleza cresça muito.  Fonte: Globo Esporte