CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Médico da Seleção diz que chance de Coutinho jogar contra o Japão é remota

Meia do Liverpool ainda está em fase de recuperação de uma lesão na coxa esquerda



O meia Philippe Coutinho, que foi desfalque nos últimos jogos do Liverpool por conta de um problema muscular na coxa esquerda, dificilmente será aproveitado pelo técnico Tite no amistoso da seleção brasileira contra o Japão, nesta sexta-feira, em Lille. O médico da Seleção, Rodrigo Lasmar, deixou claro que a comissão técnica tinha conhecimento da condição do jogador, mas optou pela sua apresentação.

- Coutinho teve lesão muscular no adutor da coxa esquerda. Está em fase final de recuperação, sabíamos que não estaria em plenas condições, mas optamos por fazer recuperação final conosco. Possibilidade de jogar contra o Japão é remota, mas trabalhamos para que esteja à disposição contra a Inglaterra. Talvez ele não tenha condições físicas de participar. Se tiver, poderá ficar no banco e jogar alguns minutos. É uma chance pequena. Nosso foco é recuperá-lo para o segundo jogo - disse Lasmar.


Philippe Coutinho começou o trabalho nesta segunda-feira no ginásio com mais dez jogadores: Marcelo, Alex Sandro, Miranda, Thiago Silva, Casemiro, Fernandinho, Giuliano, Renato Augusto, Douglas Costa e Roberto Firmino. Em seguida, todos foram ao gramado, menos Fernandinho. No campo, porém, Coutinho trabalhou apenas com o fisioterapeuta Ricardo Sasaki.

- Coutinho não sentiu nada, era o que imaginávamos, amanhã (terça-feira) fará um trabalho físico um pouco mais intenso. Se tudo correr bem, ele começará a trabalhar com bola na quarta - completou Rodrigo Lasmar.

Brasil e Japão se enfrentarão às 10h (horário de Brasília) desta sexta-feira, no estádio Pierre Mauroy, na cidade de Lille. A partida terá transmissão ao vivo da TV Globo, do SporTV e do GloboEsporte.com, que também vai acompanhar em Tempo Real. Fonte: G1