CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Damião marca dois, mas Inter vacila e fica só no empate com o Luverdense


Precisando vencer para poder ficar a uma vitória do acesso à Série A o Internacional foi à Lucas do Rio Verde mas não teve vida fácil contra o Luverdense. Ficando duas vezes no placar durante a partida, os gaúchos precisaram fazer uma partida de recuperação e conseguiram um empate por 2 a 2.

Se havia um plano de jogo por parte do Internacional que envolvesse não sofrer gols, esta conjuntura mudou mesmo antes do minuto inicial de jogo. Logo no primeiro ataque do Luverdense, o lateral direito Aderlan arrancou até a linha de fundo e cruzou para o meio. A zaga do Inter tentou afastar, mas acabou mandando no pé de Alfredo, que pegou de primeira e abriu o placar.
O gol quase que instantâneo incomodou os visitantes, que se mandaram ao campo de ataque para tentar responder. Primeiro, D'Alessandro cruzou e Damião cabeceou exigindo ótima defesa de Diogo Silva. Depois, foi a vez de Pottker completar um levantamento do argentino e acertar o travessão do time verde.

O Inter seguiu pressionando, mas foi o Luverdense que quase ampliou. Aos 29, Rafael Ratão recebeu dentro da área e chutou firme para a defesa de Danilo Fernandes. No rebote, Alfredo teve uma grande chance para fazer o segundo, mas errou o peixinho e a bola saiu à esquerda da meta.
Se o Luverdense vacilou, o time colorado não. William Pottker desceu pela esquerda e enfiou cruzamento na cabeça de Damião. O camisa 22 testou para o chão, sem chances para Diogo Silva e deixou tudo igual em Lucas do Rio Verde.

Na segunda etapa, os donos da casa mais uma vez foram mortais e contaram com outra falha da defesa colorada para voltar a vantagem ainda nos minutos iniciais. Paulinho cruzou da esquerda, a zaga não cortou e Douglas Baggio rolou para a chegada de Marcos Aurélio. O camisa 8 chegou pegando de primeira e acertou o canto de Danilo Fernandes.

Mas, desta vez o Inter seria mais rápido em conseguir o empate e de novo com Leandro Damião. O centroavante aproveitou um rebote dentro da grande área e venceu Diogo Silva, restaurando a igualdade no marcador.
Fonte: Msn