CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

São Caetano recebe celebração do Dia Nacional da Juventude


No próximo domingo (8 ), São Caetano, no Agreste de Pernambuco, vai celebrar o Dia Nacional da Juventude. O evento, que é promovido pelo Setor Juventude da Diocese de Caruaru, será realizado no EREM Agamenon Magalhães e traz como lema a passagem bíblica 'Os humildes herdarão a Terra'.

O data é uma atividade nacional da CNBB e reúne jovens de Caruaru e região para celebrar a vida e a comunhão em uma data proposta pela Igreja Católica do Brasil. Este ano, a festa conta com a participação do cantor católico Bruno Camurati, conhecido pelas músicas “Fiat” e “Canção de Pedro”.

A programação começa a partir das 8h, com louvor, oração, adoração ao Santíssimo Sacramento, missa e arrastão com trio elétrico pelas ruas da cidade. Ainda no espaço do evento acontecerão exposições de artigos das novas comunidades da Diocese, encontros de direção espiritual e apresentação de grupos culturais e artísticos da cidade de São Caetano.

Na última edição, que ocorreu em Gravatá, o DNJ reuniu cerca de três mil jovens no Colégio das Salesianas. De acordo com um dos organizadores do evento e coordenador geral do Setor Juventude da Diocese, o Diácono Paulo Jorge, a festa será um grande encontro de fé.

“Neste ano estamos levando o Dia Nacional da Juventude para a cidade de São Caetano, pensamos em uma programação bem especial que terá a presença do cantor católico Bruno Camurati, do Rio de Janeiro. Será um momento de muito louvor, adoração, e no final divulgaremos qual será a próxima cidade que irá receber este grandioso evento”.

O DNJ surgiu no ano de 1985, que é o Ano Internacional da Juventude de acordo com a ONU. A edição traz como tema a frase “Juventudes em defesa da vida dos Povos e da Mãe-terra”, em sintonia com a Campanha da Fraternidade deste ano. Ambas as temáticas se relacionam com a proposta do Papa Francisco de cuidar da “Casa Comum” e a defesa da vida e da terra. Fonte:G1