CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

CLIP GOSPEL

Presidente do Corinthians e Jô explicam reunião com torcida e negam pressão

Atacante diz que vê encontro com torcida como positivo. Dirigente diz que deu explicações


O atacante Jô e o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, concederam entrevista coletiva nesta quarta-feira após a reunião entre líderes de uma torcida organizada com jogadores e dirigentes da equipe. Eles trataram o encontro com naturalidade, disseram que receberam apoio e negaram estarem pressionados.

– Eu vi com muito bons olhos, foi uma coisa boa, cara. Eles vieram em prol de uma coisa só: tentar contradizer o que falam aí fora, que ia vir cobrança, que tem que jogar bola, isso e aquilo. Eles vieram em paz, falar que estão com a gente neste momento. Eles sabem que jogar no Corinthians nunca foi fácil. Sou criado aqui dentro e sei o quanto temos que correr – afirmou o camisa 7.

A dupla destacou que o tom da conversa foi de apoio. Porém, Roberto de Andrade também disse ter feito esclarecimentos aos líderes das organizadas:
– O torcedor é parte integrante do futebol. Desde que assumi a presidência, assumi a postura de dialogar, explicar. Às vezes a gente vem aqui e explica coisas que vocês não sabem o que acontece. Eles também têm dúvidas. Por que fulano está assim? Beltrano está daquele jeito... – comentou.

Questionado sobre a informação de que os torcedores teriam cobrado os atletas sobre excesso de baladas, o presidente se exaltou um pouco. Ele interrompeu o repórter e negou que tal assunto tenha sido uma das pautas da reunião.

O encontro ocorreu no CT Joaquim Grava, antes do treinamento do elenco. Cássio, Balbuena, Gabriel e Jô representaram o elenco. Jadson também participou de uma parte da conversa.

– Eles deixaram claro que em qualquer situação eles vão apoiar. O verdadeiro torcedor do Corinthians é assim, eu fui torcedor. Eles falaram que em qualquer situação vão apoiar, não tem limite. Eles estão com a gente, o grupo não se sente pressionado. Estamos fazendo uma campanha brilhante. Quantos não queriam estar seis pontos na frente? Temos esse privilégio – destacou Jô.

Líder do Campeonato Brasileiro com seis pontos de vantagem sobre Palmeiras e Santos, o Corinthians volta a campo no domingo, às 17h, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli.
Fonte:GloboEsporte