CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Mark Zuckerberg venderá até US$ 12,8 bilhões em ações do Facebook e doará dinheiro para filantropia


Fundador do Facebook e sua esposa, Priscilla Chan, anunciaram em 2015 que doariam 99% das suas ações da empresa em vida a filantropia.

O Fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, vai vender entre 35 milhões e 75 milhões de ações do Facebook nos próximos 18 meses e doar o dinheiro para filantropia. Com as vendas, ele levantaria entre US$ 5,97 bilhões e US$ 12,8 bilhões, considerando a cotação dos papéis do Facebook na última sexta-feira, de US$ 170,54.

O anúnciou foi feito em comunicado do Facebook a investidores na última sexta-feira (22) e também no perfil de Zuckerberg na rede social . Segundo o comunicado, o dinheiro vai financiar as iniciativas de Zuckerberg e de sua esposa, Priscilla Chan, nas áreas de educação e ciência.

Zuckerberg anunciou em dezembro de 2015, quando nasceu sua primeira filha, que doaria 99% das suas ações do Facebook a filantropia.

Desde então, o empresário procura uma solução na qual possa fazer a doação e manter o controle do Facebook. No ano passado, ele propôs a criação de uma classe de ações do tipo C, sem direito a voto. O empresário anunciou também na sexta-feira que esse plano está cancelado e que a solução será vender parte de suas ações antecipadamente.

"Ao longo do último ano e meio, o negócio do Facebook teve um bom desempenho e o valor das nossas ações cresceu a ponto de eu poder financiar totalmente a nossa filantropia e manter o controle de voto do Facebook por 20 anos ou mais. Como resultado, pedi ao nosso conselho para retirar a proposta para reclassificar as nossas ações -- e o conselho concordou", afirmou, no seu perfil do Facebook.

Ele ressaltou ainda que "isto não muda meus planos e de Priscilla para dar 99 % das nossas ações do Facebook durante as nossas vidas". "Na verdade, estamos agora a planejar como acelerar o nosso trabalho e vender mais dessas ações mais cedo", afirmou. Fonte: G1