CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Governo reforça educação e segurança de Arcoverde, PE


Em visita ao Sertão do Moxotó, nesta sexta-feira (20), o governador Paulo Câmara entregou à população um conjunto de ações estruturadoras que vão reforçar as áreas de educação e segurança local. No início do dia, o chefe do Executivo estadual inaugurou o Campus definitivo da Universidade de Pernambuco – UPE no município de Arcoverde. O equipamento, que contou com um investimento de R$ 6,2 milhões, irá atender estudantes de 36 cidades pernambucanas e de outros sete municípios da Bahia, Sergipe, Alagoas, Piauí e Ceará. Na oportunidade, também foi lançado o edital de licitação para o concurso de 108 professores para a Universidade. Também foi realizada a entrega de viaturas ao 3º BPM para intensificar o policiamento em Arcoverde e região.

"É muito bom poder vir a Arcoverde, conversar com a população e entregar obras importantes como a nova sede da UPE. Educação é uma das prioridades da nossa gestão, e nós fazemos questão de priorizar recursos para esta área tão importante.  Esse novo campus e a contratação de novos professores vão oferecer as condições ideais para que esses jovens tenham uma formação de qualidade e possam aplicar esse conhecimento na própria cidade, na própria região. Ao mesmo tempo, hoje, também tivemos a oportunidade de entregar novas viaturas que vão intensificar o policiamento nas ruas e contribuir para o combate à criminalidade no Sertão do Moxotó. Nós estamos determinados a vencer esse problema da segurança, e a população pode ter certeza que não descansaremos até que seja restabelecida a paz no nosso Estado", garantiu Paulo Câmara.

A nova sede da UPE foi instalada em uma área de 20 mil metros quadrados (m²), doada pela Prefeitura Municipal de Arcoverde, com uma área construída de 5.507,60 m². No espaço, os alunos poderão contar com 20 salas de aula, um laboratório de informática, quatro de odontologia, 12 consultórios odontológicos, uma sala de radiologia, outra de vídeo-conferência, nove salas administrativas e uma biblioteca. Para o Processo de Ingresso 2018 da UPE, serão oferecidas 40 vagas para o curso de Direito e outras 20 vagas para o curso de Odontologia, ambos com entrada para o 2º semestre de 2018. Do valor total investido na implantação do campus, R$ 5.413.583,71 foram advindos de recursos do Ministério da Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e R$ 781.830,11 como contrapartida do Governo do Estado.

O reitor da UPE, professor Pedro Falcão, ressaltou a importância dos atendimentos gratuitos oferecidos à população local. "Já iniciaremos os atendimento às pessoas carentes da região com os serviços ofertados pela clínica de odontologia e com o núcleo de práticas jurídicas, que também está fazendo atendimento através dos nossos estudantes e professores do curso de Direito. No curso de Odontologia, nós já estamos atendendo cerca de 66 pessoas por dia. A partir do próximo ano, nós começaremos a realizar também pequenas cirurgias bucais", declarou.

Para a secretária estadual de Ciência, Tecnolocia e Informação, Lúcia Melo, o progresso das universidades influenciam diretamente o ciclo econômico e no mercado de trabalho das regiões. "Uma universidade propicia condições efetivas de formação de pessoas em alto nível, gerando oportunidades para que esses jovens se desenvolvam como indivíduos, como profissionais e que possam desenvolver oportunidades de novos negócios nas suas regiões e cidades. Daí a importância fundamental da interiorização da universidade. Nós entendemos que isso é um fator que gera o progresso e cria as condições para o que o Estado de Pernambuco consiga, de uma maneira muito rápida, atingir e superar os desafios que nós estamos enfrentando hoje com os processos de transformações tecnológicas que vão impactar os empregos e as atividades econômicas fortemente", enfatizou.

Serão beneficiados com o novo prédio os municípios de Águas Belas, Alagoinha, Arcoverde, Araripina, Belo Jardim, Bom Jardim, Buique, Caetes, Calumbi, Calçado, Carnaíba, Caruaru, Custódia, Floresta, Garanhuns, Gravatá, Ibimirim, Itapetim, Moreilandia, Ouricuri, Pedra, Pesqueira, Petrolina, Recife, Sairé, Salgueiro, Santa Terezinha, São José do Belmonte, Serra Talhada, Sertânia, Tacaratu, Terezinha, Timbaúba, Tupanatinga, Venturosa e Vitória de Santo Antão; além de Abaré (Bahia), Juazeiro (Bahia), Aracaju (Sergipe), Araripina (Alagoas), Maceió (Alagoas), Picos (Piauí) e Quixadá (Ceará).Fonte: Magno Martiins