CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Belo Jardim celebra casamento comunitário em noite de emoção e amor


Cem casais disseram sim ao amor nesta terça-feira (17/10), em Belo Jardim. O casamento comunitário, realizado pela Secretaria de Ação e Desenvolvimento Social, em parceria com o Poder Judiciário e o Cartório do Registro Civil Maria Ferreira Cavalcante, uniu histórias construídas ao longo do tempo e que agora são formalizadas perante a Justiça.




A cerimônia comunitária ocorreu na quadra da Autarquia Educacional de Belo Jardim (AEB) e reuniu diversas autoridades, entre elas o chefe de Gabinete, Ivanildo Ferreira, a primeira-dama, Sandra Silva, e secretários do governo. O prefeito Francisco Hélio não compareceu à cerimônia por estar em Brasília. A festa, que teve bolo e decoração especial, foi animada pela Banda Show Aras e Ary Queiroz.






Os casais oficializaram a união perante o juiz Douglas José. “O casamento é uma das construções mais antigas da humanidade. É um marco na vida das pessoas, pois é um momento em que as elas decidem construir uma família. Muitos aqui já são família e hoje estão confirmando perante a Justiça”, disse o juiz.





Para a secretaria de Ação e Desenvolvimento Social, Luzinete Torres, a oficialização garante mais segurança aos casais. “Nós sabemos que é uma formalidade perante o Estado, garante direitos, mas o casamento também é sobre amor, sobre a vontade de permanecer com o outro e ter uma vida completa juntos. Fico muito feliz em poder oferecer isso a quem já vive junto”, explica.






O casal Geraldo Leite e Maria do Socorro oficializou a união após 40 juntos. “A gente vive bem. O casamento já deu seus frutos, temos quatro filhos. Mas nós queríamos casar de papel passado. Foi uma felicidade casar assim, com um monte de outros casais. A gente sabe que casamento não é fácil, mas o amor vale a pena”, comenta Maria, que mora no Bairro Cohab III.