CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

CLIP GOSPEL

Após descartar Adriano, presidente do São Bento diz ter interesse em Kaká

Negociação com Imperador foi descartada após vazamento da informação. Márcio Rogério Dias afirma que o alvo é Kaká: "Jogador que tem o perfil do São Bento"


O São Bento tem interesse na contratação de Kaká, que anunciou recentemente que não irá renovar o contrato com o Orlando City. Uma proposta ao brasileiro de 35 anos deverá ser entregue nos próximos dias. A intenção do time de Sorocaba é ter um grande nome para a próxima temporada, nas disputas do Campeonato Paulista e da Série B do Brasileiro. A informação foi dada pelo narrador Nilson Cesar, da Rádio Jovem Pan, e confirmada pelo GloboEsporte.com.

O Kaká interessa. Em conversa com o Paulo Roberto Santos (técnico), o Kaká é um jogador em atividade, que tem todo o perfil do São Bento. Acho que o Kaká seria um projeto novo, daria para viabilizar. E olha, Kaká, você que está nos escutando, seria uma ótima também para você, um projeto novo, uma audácia nova – disse o presidente do São Bento em entrevista para a Jovem Pan.

O primeiro nome que chegou ao clube foi o de Adriano. Sem jogar oficialmente desde 2016, o Imperador chegaria ao clube com salário fixo, mais um espaço na camisa para ser negociado como complemento do salário. Uma reunião entre a diretoria do São Bento e um representante do jogador aconteceu em Sorocaba, mas o vazamento da informação e a repercussão negativa entre os torcedores acabou melando o negócio.


Apesar do discurso cauteloso sobre a montagem do elenco, a diretoria do São Bento busca um grande nome para atrair patrocinadores ao clube na próxima temporada. Márcio Rogério Dias assumiu a presidência no início do mês e, desde então, trabalha na renovação de contratos e contratações para 2018, tudo sob aprovação do técnico Paulo Roberto Santos, há quatro anos no clube e que foi contra a chegada de Adriano.

A proposta que seria feita a Kaká foi a mesma apresentada pelos representantes de Adriano. Um salário fixo, dentro do teto do clube (R$ 30 mil), mais a cessão de um espaço na camisa ou calção para que o jogador possa negociar e aumentar a receita. Porém, nenhum contato oficial ainda foi feito ao jogador.
Fonte: GloboEsporte