CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Sport tenta quebrar histórico de sufoco no mata-mata da Sul-Americana


Diante da Ponte Preta, o Sport venceu o primeiro jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana, por 3 a 1. Uma vantagem boa, não dá para negar. Mas o retrospecto recente mostra que não dá para o Leão se confiar no que foi construído antes do combate final. Até então, nesta edição, o time rubro-negro sempre fez um bom saldo no chamado "jogo da ida", na Ilha do Retiro. Na volta, passou por grandes perrengues. A segunda partida contra a Macaca é às 19h15, desta quarta-feira, no Estádio Moisés Lucarelli.

O Leão estreou na Copa Sul-Americana com triunfo sobre o Danubio-URU, por 3 a 0. Uma vantagem maior que a atual. No encontro da volta, no Uruguai, o placar foi devolvido - e ficou pouco pelo apresentado pelo Danubio. O Sport avançou graças a Magrão, que na disputa de pênaltis, segurou duas bolas dos adversários.

Na segunda fase, o adversário foi o Arsenal-ARG. Na Ilha do Retiro, vitória leonina por 2 a 0. Novamente a decisão na casa do rival. E, mais uma vez, o Sport passou sufoco. Perdia pelo mesmo placar - a assombração do Danúbio era real, com outro embate nos pênaltis à vista - até que, aos 37 minutos do segundo tempo, André diminuiu. O gol marcado foi suficiente para o Leão avançar.

Na partida contra a Ponte Preta, em São Paulo, o Sport pode perder por até um gol de diferença. Caso a Ponte vença por 2 a 0, os paulistas avançam. Se o Leão marcar um gol, a Macaca tem de vencer por três. O time alvinegro não terá o goleiro Aranha e o atacante Emerson Sheik. Fonte: Globo Esporte.com