CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Em Garanhuns : Dor, Comoção e Revolta marcam Sepultamento de Bombeiro assassinado


E a onda de violência que vem assolando o Estado e a Região Agreste fez mais uma Vítima, arrancando do convívio familiar e social mais um esforçado pai e marido; um dedicado e bem quisto profissional e um amigo que fará falta.

Sob um feriado chuvoso em Garanhuns, com a presença de familiares, amigos, representantes da sociedade e militares, colegas de farda, foi sepultado na manhã dessa quinta feira, dia 7, no Cemitério São Cristóvão, o corpo do sargento José Armando Rodrigues, de 48 anos. Ele foi foi assassinado da manhã da última quarta-feira, dia 6, quando chegada em frente à sua residência, na rua Francisco Branco, localizada na comunidade da Brasília, aqui em Garanhuns. Segundo a PM, dois homens teriam chegado em uma moto e baleado o Bombeiro, sem anunciar assalto.


A Vítima servia no 6º Grupamento de Bombeiros, aqui em Garanhuns. A Corporação emitiu uma Nota de Pesar sobre o caso. “O Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco manifesta seu pesar e solidariedade a todos familiares e amigos do Sargento Armando, que tanto honrou a farda e companheiros de profissão nesses 23 anos de serviço, testemunhando sua dedicação, determinação, zelo e disposição em suas atitudes e valores, certamente uma perda irreparável para esta Corporação e para todos que tiveram o prazer de participar de sua história”.

Durante o velório, realizado no prédio da Corporação na qual servia, e no trajeto para o Cemitério, utilizou-se uma das viaturas do Corpo de bombeiros no qual o féretro com a Bandeira Nacional fora conduzido, de modo solene. O Cortejo foi saudado pela população nas ruas por onde passou. O clima de tristeza se misturava com a revolta dos colegas e amigos em razão da brutalidade com a qual Armando foi assassinado e das circunstâncias do ocorrido. Tido como Militar Exemplar, o Sargento Armando foi um dos primeiros militares a compor o Grupamento Local e, segundo amigos e familiares, não tinha desafetos. A motivação do crime vem sendo investigada pela Polícia Civil. Fonte : Agreste Violento