CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Vagner Mancini telefona para presidente do Corinthians e repórter e se desculpa


O técnico do Vitória, Vagner Mancini, entrou em contato com o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, e com o repórter Felipe Garraffa para se desculpar por conta da polêmica do último final de semana. Após o triunfo da equipe baiana em Itaquera, ele discutiu com o profissional em entrevista coletiva e depois teve vazada uma mensagem de áudio enviada a amigos no aplicativo WhatsApp. Na gravação, ele exalta o fato de ter dado "uma patada num jornalista corintiano babaca".

No contato com o dirigente corintiano, Mancini declarou que não pretendia ofender o clube e seus torcedores com o áudio que acabou se tornando público. Segundo ele, a mensagem vazada acabou sendo tirada de contexto.

Já a Garraffa, Mancini pediu desculpas pelo conteúdo da gravação. Ele reiterou que não concordava com a pergunta feita pelo repórter na entrevista, mas admitiu ter errado ao se referir ao jornalista daquela forma na mensagem em áudio.

O técnico está chateado com a proporção que o caso tomou e emitiu nota oficial sobre o assunto. Leia:

Diante da repercussão causada pela publicação de um áudio, gostaria de pedir desculpas publicamente.

A todos da torcida do Corinthians, saibam que meu sentimento sempre foi e será de máximo respeito. Por isso, liguei para o presidente do clube, Roberto de Andrade. Esclareci o fato e pedi desculpas se ofendi a instituição e a torcida. Em momento algum quis insultar o Corinthians e seus torcedores.

A partida de sábado foi histórica para mim e para o Vitória, pela campanha invicta e pela grandeza do Corinthians. Motivos para compartilhar essa conquista entre amigos (alguns corintianos) em tom de desconcentração e provocação sadia, mas, novamente, sem qualquer intenção de ofender. Infelizmente, esse momento entre amigos numa rede social, que é extremamente comum entre os profissionais do futebol, tornou-se público, fora de contexto.

Tanto fiz questão de ligar para o jornalista Felipe Garraffa e me desculpar pelo que foi dito no áudio vazado. Respeito muito o trabalho da imprensa. Errar é o do jogo. Acredito que ele errou ao me indagar com informações equivocadas, e eu errei no modo como me referi ao jornalista no áudio. Espero que o Garraffa siga uma bela carreira no jornalismo, profissão tão relevante no país.

Sobre minha postura e meu trabalho, gostaria de enfatizar que procuro fazer com enorme comprometimento e respeito a todos, apesar de todas as dificuldades que a realidade nos impõe. E, quando ganhamos, gostaria ao menos que o trabalho não fosse desvalorizado, pois a luta diária é grande e a cobrança que o futebol nos traz é pesada.

Em Santa Catarina,O Vitória volta a campo na próxima segunda-feira, contra o Coritiba, fora de casa, pela 22ª rodada do Brasileirão. Já o Timão enfrenta a Chapecoense nesta quarta-feira, em confronto adiado da 20ª rodada. Fonte: Globo Esporte.com