CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Mulher foi executada as margens da BR 232, na zona rural de Caruaru, PE


Uma mulher foi executada durante a madrugada desta terça-feira (18/7), as margens da BR 232, próximo ao Posto Noretur, no sentido Caruaru/Bezerros, na zona rural de Caruaru/PE. A vítima que não foi identificada no local é de pele clara, estava bem vestida e tinha entre 25 e 30 anos de idade. Ela foi executada com vários tiros de pistola ponto 40 e calibre 380. Ao lado do corpo foram encontradas 14 cápsulas desses dois calibres.

O Inspetor C. Ramos da Polícia Rodoviária Federal – PRF, que foi ao local com o agente Luiz Albuquerque, disse que havia uma dúvida pelas informações que chegaram ao seu conhecimento, não estava claro se a vítima tinha morrido de atropelamento, sido assassinada ou se tratava-se de um andarilho dormindo e só chegando no local constataram se tratar de um homicídio.


O soldado Janailson da ROCAM de Bezerros, que isolou o local com os soldados S. Silva e Geraldo Silva, informou que inicialmente o local descrito do óbito pertenceria a Bezerros e só ao chegarem no local constataram se tratar da zona rural de Caruaru, mesmo assim não acionaram nenhuma outra guarnição e preservaram a cena do crime.

O perito criminal, Dr. Carlos Henrique, confirmou que a vítima foi morta com tiros de pistolas ponto 40 e 380 e informou que há pelo menos treze perfurações na cabeça, costas e pernas da vítima e que os tiros foram efetuados a uma curta distância de no máximo três metros.


O delegado da DEAH (Divisão Especial de Apuração de Homicídios) Dr. Sérgio Moura, disse que existem diversas linhas de investigação, apenas descartou a hipótese de latrocínio. Segundo ele, a vítima tinha duas tatuagens no corpo, uma nas costas com o nome de ‘Ashley’ e uma no braço direito com o nome de ‘Deivid Kauan’, que podem ser parentes dela e que é de fundamental importância que ela seja identificada o quanto antes.

O corpo da vítima foi encaminhado para o IML local. Este foi o 11º homicídio do mês de julho e na soma geral foi o 165º do ano de 2017. Fonte: Agreste Violento