CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Forró e maracatu dividem palco durante o Festival de Inverno de Garanhuns


O 27° Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), no Agreste pernambucano, contou com mais um dia de apresentações multiculturais no Palco de Cultura Popular Ariano Suassuna. Participaram do evento a Roda de Sanfona 2, Urso da Peleja, Caboclinhos Canindé de Camaragibe, Boi Dourado de Limoeiro, As Kalinas, Boi Maracatu, Coco Raízes do Capibaribe e Forró do Matulão do Mestre Grimário.

A primeira atração foi a Roda de Sanfona 2, que contou com a participação de cantores de forró e apresentaram grandes sucessos para o público. Os shows seguiram com as batidas dos grupos de bois Urso da Peleja e Caboclinhos Canindé de Camaragibe.

O som do Boi Dourado contagiou as pessoas que estavam no local. Depois foi a hora do maracatu com o grupo percussivo As Kalinas. Acompanhando perto do palco, a enfermeira Bruna Ferro, de 29 anos, está no FIG pela primeira vez. Ela, que veio de Bom Conselho, no Agreste, ficou encantada com as apresentações. "O espaço dá a oportunidade de vários artistas da região se apresentarem e mostrarem o trabalho", comentou.

Os ritmos pernambucanos continuaram com o Boi Maracatu e os tambores de Coco Raízes do Capibaribe. Finalizando a festividade, o ritmo que abriu o evento voltou com o Forró do Matulão do Mestre Grimário.

A secretária de cultura e turismo da cidade, Neile Barros, falou sobre o público e a relevância do palco. "Existe um público fiel nesse local. Nós vemos que as pessoas ficam até o fim. É muito importante a gente ter essa exposição num evento como esse onde temos um palco de cultura popular", explicou.

Nesta sexta-feira (28), a partir do meio-dia, sobem ao Palco de Cultura Popular Ariano Suassuna, Sandoval Ferreira, Orquestra Metais do Frevo, Coco de Selma, Maracatu Aurora Africana, Coco Canavial do Valmir e Mestre Biô, Damas e Valetes de Olinda, T.C.M. Cariri Olindense (Patrimônio Vivo) e Afoxé Oyá Tokolê Owô. O Festival de Inverno continua até o dia 29 deste mês. Fonte: G1