CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Comebol diminui para um jogo punição do Palmeiras na Libertadores


O Palmeiras foi comunicado nesta segunda-feira pela Conmebol que a pena de três jogos como visitante sem torcida em torneios organizados pela entidade foi reduzida para apenas um. O clube havia sido punido pela briga entre torcedores uruguaios e brasileiros na arquibancada do estádio Campeón Del Siglo, ao final da partida contra o Peñarol, em Montevidéu.

Desta forma, o time treinado por Cuca voltará a ter torcedores em jogos fora de casa na Libertadores se passar pelo Barcelona de Guayaquil, do Equador, nas oitavas de final. O jogo de ida contra os equatorianos será nesta quarta-feira.

Se avança, o Palmeiras terá um confronto caseiro nas quartas de final, diante do vencedor do duelo entre Santos (contra o qual não poderia ter torcida como visitante por determinação do Ministério Público relacionada aos clássicos paulistas) e Atlético-PR.

A diretoria alviverde vinha se articulando para obter a redução da pena. Na segunda-feira passada, com a presença do presidente Maurício Galiotte, uma comitiva do Palmeiras foi recebida pela Conmebol, em Assunção, no Paraguai. Em uma audiência que durou cerca de duas horas, o clube expôs presencialmente seus argumentos.

Nossa expectativa era que fosse feita justiça. O Palmeiras não poderia ser prejudicado em uma situação em que nós fomos vítimas. Desde o término da partida no Uruguai nós trabalhamos incansavelmente para produzir o material de defesa e reduzir a pena. Finalmente conseguimos atingir o nosso objetivo. Para nós, é de extrema importância ter o torcedor ao nosso lado em todos os jogos – comentou o presidente ao site do clube.Fonte: Globo Esporte.com