CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Zagueiro raiz, Sandro dá recado no Santa: "Se tiver que morrer em campo, morro feliz"

Se depender apenas da garra demonstrada pelo zagueiro Sandro, o restante da temporada do Santa Cruz será positiva. Contratado nesta semana depois de deixar o Ceará, o zagueiro de 29 anos foi apresentado nesta sexta-feira no Arruda e já foi logo deixando claro que o seu estilo é de um jogador brigador. Ao ponto de ir no limite de dizer que morreria feliz se for fazendo o que gosta, dentro de campo.

Quem me acompanha sabe que não tenho hipocrisia. Se um dia eu tiver que morrer nesse campo, vou morrer super feliz. A história do jogador é curta e temos que estar acostumados a vencer. É isso que procuro fazer onde for.

Sandro chega para defender o Santa Cruz depois de três temporadas e meia no Ceará, equipe onde marcou história com a conquista da Copa do Nordeste e viveu uma lua de mel com a torcida. Acostumado a jogar em time de massa, ele garante que a receita é simples para que aconteça a tão esperada sinergia entre time e arquibancada: raça.

O resultado que a gente tiver em campo é que vai ecoar na massa. Entrega, empenho e o desejo de cada um de vencer, vai chamá-los (torcedores). Vão acreditar. Assim foi em outros clubes e aqui não será diferente.

Sandro fez nove jogos nesta temporada defendendo o Ceará e a última vez que entrou em campo foi no dia 6 de abril, ainda pelo Campeonato Cearense. Por isso, só deve ficar à disposição para estrear na próxima sexta-feira, quando o Santa recebe o Brasil de Pelotas-RS.fonte: Globo Esporte.com