CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Crianças morrem dentro de carro estacionado enquanto mãe estava em festa

Amanda Hawkins, uma adolescente de 19 anos, deixou as duas filhas dentro do carro durante 15 horas sem comida e sem água. A mulher estava na casa de uma amiga numa festa e se recusou a levar as crianças para dentro. As duas meninas acabaram morrendo. As informações são do jornal britânico Mirror.    

A mulher passou a noite na casa de amiga no condado de Kerr, no Texas. Ao ouvir as filhas, Addyson, de dois anos de idade e Brynn, de um ano, gritando por socorro, ela ignorou e se recusou a seguir o conselho das pessoas de levar as crianças para dentro da casa. Ao voltar para olhar as crianças na tarde seguinte, as duas estavam desmaiadas, por conta da temperatura em torno de 33 graus. Ao invés de levá-las diretamente para o pronto-socorro, a mulher ainda parou em casa para dar banho e trocar a roupa das duas crianças.
Ao chegar ao hospital, ela inventou uma história para encobrir a negligência e disse ao médico responsável pelo atendimento que as crianças tinham desmaiado após cheirar flores em um parque local. Porém, apesar de ter a ficha policial limpa, não foi a primeira vez que ela havia deixado as filhas no carro. Já debilitadas, as crianças morreram algumas horas depois.   

O xerife do condado de Kerr, Hierholzer, ficou apavorado com o caso, que descreveu ser o mais terrível visto por ele em 37 anos. “Este é, de longe, o caso mais horrível de ameaça infantil que eu vi nos 37 anos em que eu fui na aplicação da lei”, comentou. Fonte: Diário de Pernambuco