CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Celpe monitora sistema elétrico de municípios afetados pela chuva em PE


A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) monitora desde o início da manhã do domingo (28) o sistema elétrico dos municípios afetados pela chuva. Cerca de 600 profissionais estão atuando em regime de contingência, sobretudo, nas 15 cidades do Agreste e Mata Sul que decretaram estado de calamidade pública e situação de emergência.

Em decorrência da elevação do nível dos rios, a Companhia desligou temporariamente, por motivo de segurança, o fornecimento de energia em algumas localidades da Mata Sul e Agreste. "Nessas áreas, o suprimento está sendo normalizado à medida que o volume de água atinja patamares considerados seguros para reativação da rede elétrica", informou a assessoria da Celpe.

Nesta segunda-feira (29), a empresa registrou o desligamento de três circuitos de média tensão. Nos municípios mais afetados pelas chuvas, como Catende, Belém de Maria e Ribeirão , permanecem sem energia os imóveis que, por motivo de segurança, não têm condições de serem religados.

A Celpe está trocando medidores de energia danificados pela água e orientando os moradores das áreas afetadas a solicitarem inspeção por especialistas das instalações elétricas dos imóveis. Fonte:G1

Chuvas em Pernambuco

Cidades do Agreste e Mata Sul receberam um grande volume de chuvas, o que não ocorria desde 2010, quando houve a última grande cheia no Estado. No entanto, o grande volume deixou ao menos quatro mil desalojados, vários desabrigados, dois mortos e dois desaparecidos. O governador do estado, Paulo Câmara (PSB), decretou estado de calamidade em 15 municípios.