CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Rodoviários aderem à greve geral desta sexta, e metroviários já decretaram estado de greve

O Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco aderiu à greve geral convocada pela Central Única dos Trabalhadores nesta sexta-feira, dia 28 de abril. Por sua vez, os metroviários já estão em estado de greve, desde o último dia 19, e devem deflagrar o movimento paredista desta sexta em assembleia da categoria nesta terça-feira, às 18h, na Estação Central do Recife. Antes da reunião, haverá um ato público, às 16h, com carro de som e panfletagem. A greve geral é contra as reformas da Previdência, trabalhista e sanção do projeto de terceirização do Governo Temer.      

"Nós tomamos uma decisão apoiada pelos trabalhadores. No dia 28, essa greve geral vai ter o apoio dos rodoviários. Nós precisamos pressionar e só pressionamos nas ruas, parando e deixando o estado sem transporte. Não vai ter transporte", adiantou o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Benilson Custódio. A adesão foi votada em assembleia, na tarde desta segunda-feira, na Avenida Guararapes, durante o protesto de cobradores contra as demissões feitas pelas empresas de transporte público.    

Por sua vez, os metroviários também disseram que devem parar. "Já decretamos o estado de greve e amanhã (terça) será a segunda assembleia para deflagrar o movimento. O indicativo é de paralisação. Também faremos um ato público para a população sobre os efeitos danosos das reformas do Governo Temer", esclareceu Levi Arruda, diretor de Comunicação do Sindicato dos Metroviários de Pernambuco. Fonte: Diário de Pernambuco