CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Mulher mantinha irmão com esquizofrenia enjaulado em casa

Na pequena cidade de Anápolis, a 55 km de Goiânia, uma mulher foi indiciada pela Polícia Civil por maltratar e manter o irmão enjaulado em uma casa que possuía apenas um cômodo e condições precárias de higiene. O homem, de 31 anos, possui esquizofrenia e HIV. A mulher, que recebe a aposentadoria dele e era responsável por cuidar do irmão, não lhe dava os devidos medicamentos e ainda o deixava passar fome.   

“A alegação da irmã é que ela possui um problema de saúde e não conseguia conter a agressividade dele e oferecer os recursos mínimos que o ser humano precisa para sobreviver, após procurar ajuda a diversos órgãos que deveriam ter cumprido sua responsabilidade no cuidado desse rapaz”, explica o delegado responsável pelo caso, Manoel Vanderic, a TV Anhanguera.
Após ser resgatado do local pela polícia civil, o homem foi encaminhado para um hospital psiquiátrico. Apesar de não ter sido presa, a mulher foi indiciada pelos crimes de maus-tratos, apropriação de aposentadoria e cárcere privado. Vanderic explica que a irmã não foi presa pois o homem precisava de um acompanhante, senão iria morar nas ruas. “Ela só não foi detida porque ele precisa de uma acompanhante no sanatório e, provavelmente, ele será liberado em poucos dias e não existe nenhum outro lugar para ser acomodado diante da agressividade dele e ele vai para casa. Se ele não tivesse a irmã para o receber, mesmo que mal, ele iria para as ruas”. Fonte: Diário de Pernambuco