CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Em jogo polêmico, Corinthians empata com o São Paulo e está na final do Paulistão


TIMÃO NA FINAL!
Em um jogo marcado por um polêmico gol de Jô, o Corinthians conquistou vaga na final do Campeonato Paulista. Na tarde deste domingo, em Itaquera, o Timão empatou por 1 a 1 com o São Paulo, e agora faz a decisão do estadual contra a Ponte Preta. Na primeira partida, no Morumbi, o Alvinegro tinha vencido por 2 a 0.

O São Paulo reclama que o gol do atacante corintiano, nos acréscimos do primeiro tempo, foi marcado em impedimento. Lucas Pratto fez o gol do Tricolor.

A POLÊMICA
No momento em que Jadson cobra a falta para a área, Jô está em posição irregular, mas o árbitro valida o gol. Segundo o chefe da comissão de arbitragem da CBF, se a bola desvia no são-paulino Lucas Pratto no meio do caminho, o gol é legal. Leia aqui.

Veja a análise do lance todo no vídeo abaixo. Nele, os comentaristas Casagrande e Caio Ribeiro dão suas opiniões, assim como o ex-árbitro Paulo Cesar de Oliveira.

40 ANOS DEPOIS...
Na final do Campeonato Paulista, o Corinthians vai encarar a Ponte Preta nos dois próximos domingos, dias 30 de abril e 7 de maio, às 16h. O primeiro jogo é mando do time de Campinas e o segundo do time da capital. Há quatro décadas, em 1977, as duas equipes fizeram uma decisão épica de estadual, que acabou com fila de 23 anos do Timão sem títulos.

90 MINUTOS
Logo de cara, um chute cruzado de Lucas Pratto mostrou que o São Paulo tentaria de tudo para conquistar uma heroica virada. Mas o Corinthians, calejado pela eliminação na Copa do Brasil, evitou esperar muito pelo adversário e reagiu com Pablo lá na frente. Depois, em chute de Rodriguinho de fora da área. Mas o Tricolor, até por necessidade, teve mais atitude. Tentou com Cueva, com Pratto, com Gilberto. Mas o Timão tem Jô, o senhor dos clássicos. Aos 47, após bola alçada por Jadson na área, o atacante colocou o Alvinegro em vantagem.

O erro da arbitragem esfriou o jogo. Prejudicou o andamento de uma partida que estava bem disputada. Na volta para o segundo tempo, o nervosismo tomou conta do clássico. Em especial do São Paulo, que, no agregado, perdia por 3 a 0. O Corinthians, por sua vez, se aproveitou da vantagem para esfriar cada vez mais o jogo. Sem desistir, o Tricolor achou um gol aos 38, com Lucas Pratto. Mas era tarde demais para uma reação maior. Mais ainda depois da expulsão de Thiago Mendes.


PÚBLICO E RENDA
43.394 torcedores / R$ 2.667.936,30

E O SÃO PAULO?
Ao time do Morumbi, agora, a temporada se resume à Copa Sul-Americana e ao Campeonato Brasileiro. Pelo torneio continental, o Tricolor volta a campo no dia 11 de maio, em casa, contra o argentino Defensa y Justicia. A estreia do São Paulo no nacional está marcada para o dia 14 de maio, contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte.

FIM DE JOGO EM ITAQUERA.
Empate em 1 a 1 entre Corinthians e São Paulo coloca o Timão na decisão do Campeonato Paulista. Fonte:GE