CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Santa vence o Campinense, elimina o Timbu e se classifica como 1º do grupo no Nordestão

O Santa Cruz fez a sua parte. Ganhou do Campinense-PB, tomando-lhe a liderança do grupo A da Copa do Nordeste, e não deu chance do rival Náutico se classificar em seu lugar. Na noite desta quarta-feira, no Arruda, o Tricolor protagonizou um jogo frio com o time paraibano. Necessitando ao menos de um empate para se assegurar no mata-mata, marcou um gol de pênalti ainda no primeiro tempo com o zagueiro Anderson Salles e parou por aí. Um a zero mais que suficiente para o Mais Querido garantir passagem às quartas de final.   

Quando começou o jogo do Santa Cruz, o Náutico já ganhava de 2 a 0 do Uniclinic-CE, em Horizonte. Com dez minutos no Arruda, 15 no Ceará, o Timbu já havia feito 4 a 0 - a diferença necessária para passar como segundo lugar do grupo em caso de derrota do time coral. Uma tensão logo se instaurou no Arruda. Apreensão difícil de ser imaginada tão cedo. O Alvirrubro marcou o quinto, enquanto o Tricolor fazia uma partida sonolenta com o já classificado Campinense. Os dois times pouco atacavam. Antes da equipe pernambucana abrir o placar, as melhores chances sido em duas cobranças de falta venenosas do zagueiro Anderson Salles.   

A tranquilidade só voltou a imperar aos 30 minutos da etapa inicial, quando Everton Santos foi derrubado pelo goleiro Gledson na grande área, e o árbitro assinalou pênalti. Salles converteu: 1 a 0. A notícia do sexto gol do Timbu, quase ao mesmo tempo, pareceu não mais incomodar o torcida do Santa. Após ter ficado em vantagem, o jogo não mudou de tom. Mesmo perdendo a liderança da chave com a derrota parcial, o Campinense acabou o primeiro tempo sem criar nenhuma oportunidade clara. Fonte: Diário de Pernambuco