CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

COPA DO NORDESTE: Em pior apresentação do ano, Sport perde para Sampaio, mas se classifica em primeiro

Na sua pior apresentação na temporada, o Sport conheceu a sua segunda derrota na temporada e a primeira na Copa do Nordeste ao cair frente o eliminado Sampaio Corrêa por 2 a 1, no estádio Castelão, em São Luís. Menos mal que o resultado não mudou a situação do Leão dentro do Grupo C.   
Com 13 pontos, os rubro-negros se classificam para as quartas de final entre os melhores primeiros colocados e com isso terá o direito de fazer o jogo de volta do mata-mata na Ilha do Retiro contra River, Itabaiana, Campinense ou Sergipe. O sorteio acontece na sexta-feira. Porém, para evitar um novo dano, dessa vez irreversível, o futebol do Sport, até agora amparado apenas nos resultados, precisará melhorar.   

O jogo  
O discurso de motivação para a partida, mesmo com o time classificado antecipadamente para as quartas de final, ficou no vestiário. Com uma atuação digna de um amistoso de pré-temporada, o Sport foi dominado pelos maranhenses na maior parte do primeiro tempo.   

Para se ter uma ideia, a primeira finalização com perigo da equipe pernambucana só veio aos 21 minutos, com André em jogada individual, arriscando de fora da área, com a bola passando perto do travessão. Isso quando o resultado já era desfavorável aos leoninos.  

Além da tranquilidade pela classificação antecipada, contribuiu para a apatia ofensiva do Sport a falta de inspiração de Everton Felipe, pouco inspirado na missão de substituir Diego Souza, servindo a seleção brasileira. Além disso, com Leandro Pereira mais uma vez atuando aberto no ataque, fora das suas características, o time também perdeu profundidade ofensiva.   

Para completar, a marcação era falha, principalmente no meio de campo. Assim, a vitória parcial por 1 a 0 do Sampaio, com gol de falta cobrada por Daniel Barros, foi merecida. E saiu até barata, com a equipe maranhense desperdiçando pelo menos mais três boas oportunidades.  

Segundo tempo 
No retorno para a etapa final, Daniel Paulista colocou o meia Fábio na vaga de Leandro Pereira, deslocando Everton Felipe para jogar aberto no ataque. A intenção era justamente corrigir a falha de posicionamento ofensiva da equipe no primeiro tempo. Com isso, a equipe passou a ter um pouco mais de presença no campo defensivo dos donos da casa.  

Porém, os espaços na defesa continuaram. E assim, não demorou para o Sampaio ampliar, com Hiltinho recebendo livre e tocando fora do alcance de Magrão, aos sete minutos. Antes, o atacante, ex-Náutico, já havia desperdiçado uma boa chance, após falha na saída de Ronaldo Alves. Em seguida, o próprio passou pelo zagueiro e o volante Ronaldo e tirou tinta da trave de Magrão.   

O Sport só voltou ao jogo aos 21 minutos, com Rogério diminuindo, de cabeça, após bom cruzamento de Fábio. Gol que empurrou o Leão em busca do empate e assustou o Sampaio. André ainda perderia duas boas chances. Mas a derrota estava sacramentada.  

Ficha do jogo  

Sampaio Corrêa 2
Wanderson; Roniery, Alex, Arthur Sanches e Wesley; Daniel Barros, Diego Silva (Marcelinho), Valderrama e Hiltinho (Pedro); Henrique (Cleitinho) e Felipe Costa. Técnico: Francisco Diá.

Sport 1
Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Caio (Mansur); Rodrigo, Ronaldo e Everton Felipe; Rogério, André e Leandro Pereira (Fábio). Técnico: Daniel Paulista.  

Local: Estádio Castelão, em São Luís (MA). Árbitro: Ítalo Medeiros de Azevedo (RN). Assistentes: Flávio Gomes Barroca e Ruan Neres de Souza (ambos do RN). Gols: Daniel Barros (21 min do 1º) e Hiltinho (7 min do 2º), Rogério (24 min do 2º). Público: 504. Renda: R$ 3.180
Fonte: Diário de Pernambuco