CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV SE LIGA

CLIP GOSPEL

Caminhada das Águas é realizada na zona rural de Belo Jardim, PE


No último domingo (26), a Diocese de Pesqueira, sob a coordenação da Cáritas Diocesana, realizou a Caminhada das Águas, evento ligado ao gesto concreto da CF 2017. O evento teve sua concentração na comunidade da Vila do Socorro, Área Pastoral de Serra do Vento (Belo Jardim), que contou com a presença de paróquias das cidades da Pedra, Venturosa, Poção, Brejo da Madre de Deus, Jataúba, sanharó, Belo Jardim, Pesqueira e Tupanatinga, além de pessoas da comunidade e sítios vizinhos.


Dom José Luiz Ferreira Salles, CSsR, bispo diocesano, se fez presente ao encontro e caminhou com o seu povo desde a Vila até a barragem do Tabocas, onde se deu o momento mais forte de reflexão e conscientização. Ao longo da caminhada, faixas, cartazes, bandeiras e canções davam o tom e conteúdo do evento. Ainda presentes ao evento o Pe. Edson Rodrigues, vigário paroquial local, e o Pe. Geraldo de Magela Silva, pároco de Nossa Senhora da Conceição (Belo Jardim).


Já no espaço da barragem do Tabocas praticamente vazia, o bispo chamou a atenção de todos para o cuidado com a “Casa Comum”, advertindo a todos para o tratamento dado ao lixo nas comunidades e a poluição das águas. Salientou o valor da água para a vida de cada um e do planeta. Num ato de penitência, Dom José pediu a todos para que pedissem perdão a Deus pelas vezes que poluíram ou maltrataram a natureza.


A pesquisadora Bete e Neilda Pereira, secretária executiva da Cáritas, a convite do bispo, falaram aos presentes sobre a realidade das águas na região do semiárido e sobre o bioma da caatinga típico de nossa região.


Ao final, as comunidades receberam da Cáritas algumas mudas de plantas para serem levadas e, depois  de um ato de conscientização da comunidade, serem plantadas e cultivadas por todos. Dom José ainda ressaltou nomes ligados à ecologia e à realidade cultural e social do povo nordestino como Pe. Cícero Romão Batista, Pe. Ibiapina, São Francisco, patrono da ecologia, e o cantor e compositor Luiz Gonzaga, cantador da luta do povo sofrido do Nordeste. Ao final , Dom José Luiz abençoou a todos.